<
>

Premier League, guia da reta final: briga pelo título, vagas na Champions e luta contra o rebaixamento

play
Firmino comemora gol e vitória do Liverpool sobre o Tottenham: 'Grande adversário' (1:42)

Brasileiro abriu o placar no 2 a 1 sobre os Spurs em Anfield (1:42)

A temporada da Premier League se aproxima de uma reta final frenética, com a batalha pelo título e disputa pelas vagas na próxima edição da Champions League esquentando a cada rodada.

Assim, o mês de abril é de definições, já que a última rodada está prevista para 12 de maio. Veja, abaixo, como está a disputa na fase mais aguda da competição.

- Veja as projeções da temporada da Premier League no FiveThirtyEight
- Veja como está a tabela de classificação da Premier League 2018-2019

Briga pelo título

1. LIVERPOOL (79 pontos em 32 jogos)
Próximos jogos: Southampton (f), Chelsea (c), Cardiff (f), Huddersfield (c), Newcastle (f), Wolves (c)

A vitória nos últimos instantes sobre o Tottenham mantém o Liverpool vivo na briga pela taça. O clássico contra o Chelsea, em casa, pode ser um bom termômetro para decidir se os homens de Jurgen Klopp podem ou não estar no topo da tabela em 12 de maio.

2. MAN CITY (77 pontos em 31 jogos)
Próximos jogos: Cardiff (c), Crystal Palace (f), Tottenham (c), Man United (f), Burnley (f), Leicester (c), Brighton (f)

O City tem tudo para chegar à liderança na quarta-feira, quando enfrenta o Cardiff, que briga contra o rebaixamento. Depois desse jogo, a sequência contra Tottenham, em casa, e Manchester United, fora, será definitiva para as chances de conquista. Será que a equipe conseguirá levantar os quatro troféus que ainda disputa (eles enfrentam o Tottenham duas vezes também na Champions League e outra na semifinal da Copa da Inglaterra)?


Briga pela Champions e Europa League

Os quatro mais bem colocados garantem vaga direta na fase de grupos da próxima edição da Champions League, enquanto o Quinto e sexton colocados disputarão a Europa League.

3. TOTTENHAM (61 pontos em 31 jogos)
Próximos jogos: Crystal Palace (c), Huddersfield (c), Man City (f), Brighton (c), West Ham (c), Bournemouth (f), Everton (c)

O time teve chances de bater o Liverpool, desperdiçou e foi castigado no fim, quando o Liverpool, com um gol contra, conseguiu a vitória. A derrota pode ter sido um banho d’água fria na equipe, que ainda tem o Manchester City em seu caminho na reta final. Por outro lado, cinco de seus sete jogos restantes são em casa, no novíssimo Tottenham Hotspur Stadium (ou New White Hart Lane, como preferem os torcedores), sendo três deles contra times que brigam contra o rebaixamento. Assim, o time de Mauricio Pochettino segue como favorito a carimbar sua vaga na próxima Champions.

4. MAN UNITED (61 pontos em 31 jogos)
Próximos jogos: Wolves (f), West Ham (c), Everton (f), Man City (c), Chelsea (c), Huddersfield (f), Cardiff (c)

Uma sequência matadora pode decretar o sucesso – ou insucesso – do United em abril: dois jogos contra o Barcelona, pela Champions, seguido dos duelos contra Everton, Manchester City e Chelsea. A chave é se dar bem em pelo dois dos três jogos pela Premier League para celebrar um final feliz depois de uma trajetória das mais conturbadas.

5. ARSENAL (60 pontos de 30 jogos)
Próximos jogos: Newcastle (c), Everton (f), Watford (f), Crystal Palace (c), Wolves (f), Leicester (f), Brighton (c), Burnley (f)

O caminho mostra o encontro com o Napoli nas quartas de final da Europa League e nenhum jogo contra os seis primeiros colocados, mas cinco de seus últimos jogos estão fora. Mas os números não ajudam: o time tem apenas a 10ª melhor campanha fora de casa, vencendo apenas uma vez (contra Huddersfield) desde 25 de novembro. Vai dar para os Gunners?

6. CHELSEA (60 pontos em 31 jogos)
Próximos jogos: Brighton (c), West Ham (c), Liverpool (f), Burnley (c), Man United (f), Watford (c), Leicester (f)

O Chelsea pode ver na Europa League a melhor esperança de um lugar na Champions, já que enfrenta o Slavia Praga nas quartas de final. A chave são os dois próximos jogos em casa, contra Brighton e West Ham, já que as viagems para Liverpool e Manchester (contra o United) podem complicar, já que a equipe cedeu 24 gols fora de casa e perdeu mais do que o Arsenal longe de Old Trafford.


Batalha contra o rebaixamento

Os últimos três times serão rebaixados. O Huddersfield já caiu, e o Fulham está perto da queda.

15. BRIGHTON (33 pontos em 30 jogos)
Próximos jogos: Chelsea (f), Bournemouth (c), Cardiff (c), Wolves (f), Tottenham (f), Newcastle (c), Arsenal (f), Man City (c)

Brighton tem ainda oito jogos, mas quatro deles são contra times do G-g (três fora). Assim, a partida contra o Cardiff será crucial.

16. SOUTHAMPTON (33 pontos de 31 jogos)
Próximos jogos: Liverpool (c), Wolves (c), Newcastle (f), Watford (f), Bournemouth (c), West Ham (f), Huddersfield (c)

O Southamptom só tem o Liverpool, do G-6, pela frente, além de quatro adversários favoráveis: Brighton, Burnley e Cardiff. A vitória em Brighton parece ter dado o fôlego que eles precisavam.

17. BURNLEY -- (33 pontos em 32 jogos)
Próximos jogos: Bournemouth (f), Cardiff (c), Chelsea (f), Man City (c), Everton (f), Arsenal (c)

O Burnley tem o menor número de jogos do que qualquer um dos seus rivais, e seus quatro deles são pedreiras: Chelsea, City, Everto e Arsenal. Os dois próximos compromissos, contra Bournemouth e Cardiff, são fundamentais.

18. CARDIFF (28 pontos em 31 jogos)
Próximos jogos: Man City (f), Burnley (f), Brighton (f), Liverpool (c), Fulham (f), Crystal Palace (c), Man United (f)

As chances não são nada boas, a pensar que a tabela tem City, Liverpool e United, além dos duelos diretos contra Burnley e Brighton. Situação difícil.


Quase rebaixado

19. FULHAM (17 pontos em 32 jogos)
Próximos jogos: Watford (f), Everton (c), Bournemouth (f), Cardiff (c), Wolves (f), Newcastle (c)

O Fulham será rebaixado se for derrotado pelo Watford na terça-feira.


Rebaixado

20. HUDDERSFIELD (14 pontos em 32 jogos)

A derrota para o Crystal Palace decretou o primeiro rebaixado da temporada 2018-2019.