<
>

Neymar, após empate entre Brasil e Panamá: 'Torcer é horrível. Nosso objetivo é um pouco mais pra frente'

play
Paquetá torce por rápida recuperação de Neymar: 'Jogador de total importância para a seleção' (0:37)

Foi apenas o terceiro jogo do meia-atacante com a seleção brasileira principal. E logo na primeira chance como titular, veio o primeiro gol. (0:37)

Neymar esteve no Estádio do Dragão acompanhando a seleção brasileira no empate por 1x1 com o Panamá.

Flagrado pelas cameras ao lado de dois amigos, sua presença também foi notada pelos torcedores que estavam próximos nas arquibancadas. “Ver um jogo da arquibancada é horrível, torcer é horrível. Mas a gente sempre que pode está assistindo, torcendo um pelo outro, principalmente quando é o jogo do Brasil”, disse à CBF TV.

Houve um momento no primeiro tempo em que a torcida se dirigiu ao camarote, onde o atacante do Paris Saint-Germain estava, cantando “Neymar, sai do celular”.

Ao término do jogo Neymar foi aos vestiários. “Feliz de poder rever meus companheiros. A saudade é grande, de estar presente, estar com eles. Fico feliz de vir vê-los jogar, encontrar eles, conversar um pouco”.

Sobre a atuação do time de Tite, ele seguiu o discurso do treinador, pontuando a renovação do elenco. “Estava ali na torcida, não foi o resultado que a gente queria, mas é começo de trabalho, evolução, cada um se conhecer cada vez mais, é o começo. Nosso objetivo é um pouco mais pra frente, então a gente sabe que precisa melhorar bastante”, afirmou.

Neymar está na fase final de recuperação da fratura sofrida no quinto metatarso do pé direito. Sem definir um prazo, a comissão médica da CBF acredita que ele estará em campo nas rodadas finais do Campeonato Francês, podendo assim ser chamado para a disputa da Copa América. “Claro, dá saudade de todo mundo, do ambiente que é maravilhoso, então sempre estar por aqui é satisfatório”, finalizou o jogador.