<
>

Pedrinho admite que sempre lembra gol anulado pelo VAR: 'Mudaria tudo'

play
Corinthians: Pedrinho na Europa? Nicola acha que jogador 'precisa evoluir' para deixar o Brasil (1:40)

Segundo o jornal italiano Gazzetta Dello Sport, o Milan tem uma lista de observação de jovens que inclui Pedrinho, Everton e Liziero (1:40)

O meia Pedrinho vai reencontrar um velho conhecido no domingo, na partida contra a Ferroviária, pela ida das quartas de final do Campeonato Paulista. Inaugurado pela Federação Paulista de Futebol (FPF) para o mata-mata do Estadual, o VAR estará presente na Arena da Fonte, recordando o armador de um lance que poderia ter mudado a sua carreira.

No ano passado, em meio a um Corinthians que sofria no Campeonato Brasileiro, mas alcançou a final da Copa do Brasil, o canhoto anotou um golaço no segundo tempo da decisão contra o Cruzeiro, em Itaquera, colocando 2 a 1 no placar e, a princípio, levando a decisão para os pênaltis.

Depois de muita festa na Arena, enlouquecida com a improvável virada no placar, o VAR entrou em ação e, por uma suposta falta de Jadson no zagueiro Dedé, do Cruzeiro, anulou o gol do garoto. Segundos que ele lembra diversas vezes desde então.

“É inevitável lembrar, foi um momento de muita alegria e depois tristeza”, disse Pedrinho, que mostrou maturidade para comentar o assunto já no pós-jogo, exaltando a maior chance de justiça com o árbitro de vídeo. Nada, porém, que diminua os pensamentos.

“Com certeza, é algo que eu lembro diariamente. Minha irmã mostra algumas imagens. Mudaria muita coisa não só para mim como para o clube”, avaliou o atleta, que havia marcado o gol da classificação na semifinal, contra o Flamengo.

“Que possa estar ajudando cada vez mais o futebol”, concluiu.