<
>

PSG tenta estratégia para 'dinamitar' o Barcelona, diz jornal: 'passar a perna' em contratações

Vingança é um prato que se come frio. E o PSG não parece esquecer suas 'brigas'.

O alvo da vez é o Barcelona. A equipe francesa, frente a ameaça do clube espanhol de levar alguns de seus jogadores, tentará revidar 'passando a perna' em contratações, diz o jornal Sport, da Espanha.

O presidente do Paris Saint-Germain, Al-Khelaïfi, moveu e apostou suas fichas em Rakitic, Jordi Alba e mais recentemente por Dembélé e Coutinho. A intenção do dirigente era pagar com a mesma moeda que o Barça. Com a diferença que o PSG pode arcar economicamente a contratação dos jogadores dos catalães. Servindo como exemplo a contratação de Neymar, que apesar de todas as tentativas do Barcelona resultou em uma coisa: fiasco.

Sem dúvidas, a negociação do holandês Frenkie de Jong foi a primeira grande vitória dos dirigentes catalães e deu uma 'esfriada' na guerra causada por causa do craque brasileiro. Mas o conflito não parece ter acabado.

Na verdade, o PSG já estabeleceu uma nova fórmula para prejudicar o Barça antes da contratação do meia holandês. Isso não é outro senão entrar na onda de todos e cada um dos nomes que combinam a categoria técnica do jogador: De Jong, De Ligt, Jovic..

É claro que o nome destes jogadores, pela idade e qualidade, atraem gigantes europeus.

No entanto, considerando a quantidade de jogadores nas posições centrais e ofensivas que Tuchel tem à disposição, os franceses se envolveram e intrometeram nas operações de De Ligt e Jovic com apenas uma razão: seu desejo de aumentar o preço e valorizar a transferência.

Com as especulações de possíveis saídas de Neymar e Mbappé do PSG, a tendência é que a briga com o Barcelona ganhe mais capítulos na próxima janela de transferência.