<
>

Pogba revela desejo de jogar no Real Madrid e evita falar de Mourinho

Depois da saída de José Mourinho e a chegada de Solskjaer no comando do Manchester United, Paul Pogba voltou a mostrar o melhor do seu futebol. No entanto, mesmo assim, o francês não escondeu seu desejo de um dia migrar para Espanha e defender o Real Madrid.

“Eu sempre disse que o Real Madrid é um clube dos sonhos para todos, é um dos maiores clubes do mundo. (Jogar no Real) é um sonho para todo garoto, para todo jogador de futebol. Agora, eu estou feliz no Manchester, estou jogando, temos um novo técnico”, disse em entrevista coletiva em Clairefontaine, nesta quarta-feira.

"Por enquanto estou no Manchester, depois veremos o que o futuro nos reserva… Hoje, estou no Manchester e estou feliz”, completou.

De fato, após a troca de Mourinho pelo norueguês Ole Gunnar Solskjaer em dezembro de 2018, os Red Devils melhoraram muito de produção. Desde então, são 14 vitórias, dois empates e apenas três derrotas no geral.

Destaque para o salto na Premier League (agora quinto lugar com 58 pontos) e a classificação às quartas de final da Uefa Champions League, sobre o Paris Saint-Germain, revertendo um placar de 2 a 0 (3 a 1 na volta, no Parque dos Príncipes).

Diante disso, Pogba foi questionado sobre as tensas relações entre ele e o ex-treinador. “O que não ia bem? A gente não estava vencendo. É por isso que trocaram o técnico, não há motivo para buscar detalhes. Se os resultados tivessem sido positivos, o técnico teria ficado”, disse.

Sobre seu próximo adversário na Champions, o Barcelona, Pogba também só teve elogios.

"Barcelona é uma equipe que eu sempre assisto. Você sempre pode aprender como um meio-campista. O sistema de jogo deles, a cultura... Sempre pode me ajudar. Barcelona é um grande time, um dos melhores do mundo. Tem um jogador extraordinário, muito acima de todos (Messi). É um jogo que quero me divertir", comentou.

O francês está junto de sua seleção em Clairefontaine, centro de treinamento nos arredores de Paris, para a disputa das Eliminatórias da Eurocopa 2020. O primeiro compromisso da atual campeã do mundo é contra a Moldávia, na sexta-feira, e depois contra a Islândia, na segunda.