<
>

São Paulo: Jean acumula diferentes polêmicas com só 19 jogos no clube

play
São Paulo: 'Pede desculpas para a torcida, não para o técnico', Unzelte fala sobre publicação de Jean (0:58)

Texto publicado por goleiro causou polêmica nesta quarta-feira (0:58)

No dia 9 de janeiro de 2018, o goleiro Jean foi apresentado no São Paulo. Ao chegar, o jogador tinha a possibilidade de brigar pela titularidade da meta tricolor. Entretanto, o atleta vem sendo mais lembrado por declarações, brigas com companheiros e provocação ao rival do que bons jogos. Em campo, somou apenas 19 partidas até o momento.

Na última segunda-feira, Jean se incomodou em uma reunião do técnico Vagner Mancini com os jogadores, deixou a conversa mais cedo e não participou dos treinamentos. Dois dias depois, o atleta, que foi multado e afastado, recorreu às redes sociais para se desculpar com a torcida e detonar o treinador, protagonizando apenas mais um polêmica.

A Guerra Fria do Morumbi: Sidão x Jean

A primeira delas foi com o companheiro Sidão. Ambos brigavam por uma vaga como titular do time, mas os dois não fizeram questão de esconder as rusgas um com o outro. Na derrota do São Paulo por 1 a 0 para o São Caetano, pelas quartas de final do Campeonato Paulista, o camisa 12 postou um vídeo nas redes sociais com seus melhores momentos. A postagem teria sido uma indireta a Jean, que falhou no jogo.

O camisa 1 não deixou barato e postou a seguinte frase. “Quem é mau caráter, sempre vai achar uma desculpa para tornar legítimas suas desculpas”, escreveu como resposta a Sidão, que justificou dizendo que a postagem dos vídeos foi uma discussão em um treinamento, no CT da Barra Funda.

“A discussão foi coisa de treino de campo reduzido, de competição, de ganhar e perder. Isso foi uma das coisas que me deixou chateado no domingo, porque não sou de fazer isso. Essa foi uma das coisas que me fizeram postar o vídeo, para relaxar e voltar a fazer o que eu amo”, declarou.

Após chance na Sul-Americana, “o ano acabou”

Diego Aguirre definiu que Jean seria titular nos dois jogos contra o Colón, na Copa Sul-Americana de 2018, enquanto Sidão atuaria no Campeonato Brasileiro. Depois da eliminação, o camisa 1 declarou a seguinte frase. “Eliminação dolorida para alguns. Estava tendo oportunidade na Sul-Americana, mas, infelizmente, acabou para mim. Agora é focar no Brasileiro. Só temos o Brasileiro”, afirmou.

À Gazeta Esportiva, Jean disse que havia sido mal interpretado e que estava feliz de ter a oportunidade de estar em um clube tão grande como o São Paulo.

Provocação ao Vitória e expulsão já no apito final

Na reta final do Brasileirão, Jean ganhou uma oportunidade no Brasileirão e atuou no triunfo sobre o Vitória por 1 a 0 no Barradão. Aparentemente, o goleiro parecia despercebido, mas pisou no escudo do time rubro-negro. Os rivais foram inclusive tirar satisfação com o arqueiro, que foi revelado nas categorias de base do Bahia.

A alegação de Jean era que estava celebrando com a torcida do São Paulo. “Vimos jogadores adversários comemorando na frente da torcida dos outros e tomando amarelo. Eu fui comemorar com a minha torcida e acabei tomando vermelho e não entendi”, disse.