<
>

De Robinho a Ozil, jornal relembra aqueles que falaram em ser "melhor do mundo", mas...

play
Fábio Luciano diz que Vinícius Jr. é um 'menino de ouro' e fala sobre futuro do jogador (2:50)

Comentarista ainda imagina se, no futuro, as declarações sobre o Barcelona podem ser utilizadas contra o atacante (2:50)

Em entrevista à Cadena Ser, da Espanha, Vinícius Jr. declarou que se enxerga sendo apontado o melhor jogador do mundo "com 25 ou 26 anos".

A declaração, ao mesmo que tempo que demonstra a autoconfiança dele, cria para o atleta uma marca que, no passado, não trouxe sorte a outros grandes jogadores.

Veja abaixo a lista de quem já previu conquistar a honra e, até hoje, não logrou êxito, elaborada pelo Marca, da Espanha:

Jesé Rodríguez

Foi em 2014 que o então jogador do Real Madrid, que brilhou sob o comando de Carlo Ancelotti, disse acreditar que disputaria o prêmio em 4 anos - portanto, no ano passado.

Com seguidas lesões de joelho, porém, o jogador, que deixaria o clube dois anos depois, nunca mais atingiu o mesmo nível de atuação e passou longe de ser lembrado para a conquista.

Robinho

O brasileiro, ex-Santos, é mais um que se imaginou coroado. Em 2006, quando Fabio Canavaro, seu colega de clube, ganhou o prêmio, Robinho disse que se imaginava agraciado, no futuro, "em dois ou três anos".

O jogador ficou mais dois anos no clube merengue, foi para o Manchester City e foi vendo, aos poucos, seu futebol minguar e a previsão morrer pelo caminho.

Mesut Ozil

Contratado em 2010 pelo Real Madrid, depois de brilhar na Copa do Mundo, o alemão até colocou uma cláusula de premiação específica para o caso de ser apontado como melhor do mundo.

Mas, após três anos de inconstâncias, o jogador foi para o Arsenal, em 2015. E foi lá que ele fez a afirmação de que se via ganhando o troféu algum dia - que jamais veio.

Mario Balotelli

O italiano falastrão disse em 2016, durante a disputa da Euro - para a qual ele nem foi convocado - tal declaração, muito embora reconhecesse, àquela época no Liverpool, que estava produzindo aquém do esperado.

"De 0 a 10, estou com nota 5, mas vou melhorar e chegar ao 10, porque quero chegar à Bola de Ouro".

Hoje, está no Olympique de Marselha, onde pouco joga.