<
>

Deyverson lesiona coxa e desfalca Palmeiras por até 3 semanas

play
No Palmeiras, Moisés brinca com broncas do grupo a Deyverson: 'Ele escuta, é que às vezes passa rápido' (0:46)

Jogador contou como veteranos lidam com o polêmico atacante (0:46)

Finalmente liberado para jogar no Campeonato Paulista após o fim de sua suspensão de seis jogos, o atacante Deyverson, do Palmeiras, recebeu uma péssima notícia nesta terça-feira.

Durante treinamento da equipe na última segunda-feira, em preparação para o confronto contra a Ponte Preta, o centroavante sofreu uma lesão no músculo posterior da coxa direita. Ele sequer foi a campo no trabalho desta terça, na Academia de Futebol.

Com a contusão, o camisa 16 deve ficar de duas a três semanas fora de combate, perdendo jogos importantes, como as quartas de final do Paulistão e o duelo contra o San Lorenzo, pela Libertadores.

Como Arthur Cabral não está inscrito no Estadual, Borja fica como única opção de centroavante para o duelo contra a Ponte. Para que o ex-Ceará possa atuar, Felipão terá que fazer alteração na lista de inscritos para os mata-matas.

Na competição continental, porém, Felipão pode usar Arthur, que vinha se recuperando de lesão no púbis e ainda não fez sua estreia em 2019.

Deyverson soma cinco jogos e dois gols marcados na temporada. Sua última partida foi na vitória por 3 a 0 sobre o Melgar, pela Libertadores, na qual anotou o 3ª tento palestrino.

O TREINO

Contra a Ponte, o Palmeiras também tem uma série de problemas no setor defensivo. Antônio Carlos (suspenso), Gustavo Gomez (seleção) e Luan (lesionado) são desfalques certos, o que deve levar Felipão a improvisar o volante Thiago Santos ao lado do veterano Edu Dracena. Weverton (convocado) é mais um fora.

Durante o breve período do treinamento desta terça aberto à imprensa, foi possível observar em campo a presença do jovem zagueiro Vitão, aparentemente recuperado de fadiga muscular. Antes, o experiente Edu Dracena concedeu entrevista e falou em conversar com seu novo parceiro para buscar o melhor desempenho.

Contra a Ponte Preta, o Palmeiras pode ainda poupar seus pendurados: Felipe Melo, Thiago Santos, Mayke, Diogo Barbosa, Moisés e Borja, além de Luan. Os cartões serão zerados a partir das quartas, mas quem tomar o terceiro amarelo no último jogo da primeira fase precisa cumprir suspensão.

Uma possível escalação para o duelo tem Jaílson (Prass); Marcos Rocha, Thiago Santos, Edu Dracena e Victor Luis; Jean, Bruno Henrique e Lucas Lima; Carlos Eduardo, Felipe Pires e Borja. O jogo será realizado às 21h30 (de Brasília) de quarta-feira, no Allianz Parque.