<
>

Real Valladolid, de Ronaldo Fenômeno, veta jogadores e técnico de servir seleção da Catalunha

Já viu uma equipe vetar a convocação de seus jogadores? Aconteceu na Espanha. Nesta terça-feira, o Real Valladolid – cujo dono é Ronaldo Fenômeno – anunciou que não permitirá dois de seus atletas e até mesmo seu treinador de participarem de um amistoso.

“O Real Valladolid tomou a decisão de não permitir a participação de Rubén Alcaraz e Jordi Masip na partida amistosa na qual se enfrentarão as seleções catalã e venezuelana nesta segunda, em Montilivi. Tampouco dará permissão a Sérgio González, um dos treinadores do combinado”, informou a equipe.

O técnico do clube é também comandante do combinado catalão, que não está afiliado à Fifa. Em LaLiga, ele luta para livrar seu time do rebaixamento, estando quatro pontos acima da zona.

“O clube respeita a Federação Catalã de Futebol, mas entende que deve fazer prevalecer seus próprios interesses esportivos numa fase decisiva da temporada e evitar correr riscos que possam causar uma lesão a algum desses jogadores antes das datas chaves para a equipe”, disse o Valladolid.