<
>

Ibrahimovic dispara contra ídolos do United: 'Se quer trabalhar no clube, vá procurar emprego lá'

play
Barcelona x Manchester United: quem avança à semifinal da Champions League? (1:35)

Veja as porcentagens de classificação dadas por Gian Oddi, Paulo Calçade e Zé Elias no Futebol Na Veia. (1:35)

Zlatan Ibrahimovic criticou a postura dos ídolos do Manchester United da geração de 92 nesta terça-feira. Segundo o atleta, Paul Scholes e Gary Neville, que são comentaristas de televisão atualmente, estão apenas interessados em ser contrários ao clube, mas deveriam estar dispostos a ajudar.

“Eles estão na TV reclamando o tempo todo porque não são ativos em Old Trafford”, afirmou o atacante para o jornal britânico,The Mirror. “Se você quer trabalhar lá, então vá buscar o serviço. Mas aí, não poderá ficar reclamando o tempo todo na televisão”, completou o atacante.

Além disso, Ibrahimovic também falou sobre a sombra do ex-treinador da equipe Alex Ferguson no time e a necessidade do clube seguir em frente para se tornar vencedor novamente.

“Não quero saber o que aconteceu antigamente. Quero saber do presente. Você tem que ter uma nova mentalidade. Ferguson tem o seu lugar na história do clube, mas a vida do time continua”, afirmou o jogador do LA Galaxy.

“Tudo era o Ferguson. Se fosse eu, diria que não existe mais ele aqui dentro. E estou aqui e quero fazer a minha própria história”, completa.

O lendário técnico do Manchester United treinou a equipe por 27 anos e venceu 39 títulos. Desde que se aposentou, em 2013, já passaram 5 treinadores pelo cargo, entre eles estão José Mourinho e Louis van Gaal.