<
>

Neymar e Mbappé garantiram ao PSG que não vão para o Real Madrid

play
Edu Gaspar revela conversas de Tite com Neymar e conta como é a convivência com o craque: 'Muito tranquilo' (1:17)

Veja a entrevista completa no WatchESPN (1:17)

O Paris Saint-Germain já refutou a ideia de ter que vender Neymar ou Mbappé no meio deste ano, mesmo com o Real Madrid demonstrando interesse nos dois jogadores, segundo apurou a ESPN.

Desde que o atual líder do Campeonato Francês foi eliminado da Uefa Champions League pelo Manchester United, em casa, o Real Madrid tem dividido manchetes de jornais com os dois jogadores – o presidente Florentino Pérez não nega interessa nas negociações. De acordo com fontes da ESPN, o PSG recebeu garantias dos dois jogadores de que eles estarão em Paris para a próxima temporada.

O PSG está completamente inflexível em relação aos dois jogadores, mesmo que houvesse necessidade por conta do fair play financeiro da Uefa. O clube francês sabe que vai ter que ganhar dinheiro, não apenas para o fair play, mas também para cobrir o buraco que deixar a Champions League cedo causou.

Mas antes de Neymar e Mbappé, o PSG tem muitos jogadores para considerar a venda. Giovani Lo Celso e Jesé Rodríguez estão emprestados para o Real Betis e podem ser vendidos de vez para os espanhóis.

O polonês Grzegorz Krychowiak deve ficar de vez no Lokomotiv Moscou. Negociar jogadores como Thomas Meunier, Layvin Kurzawa e Christopher Nkunku também podem dar dinheiro ao clube.

Pouco antes da eliminação do PSG na Champions League, Mbappé falou com a TF1 e disse que sua permanência em Paris estava decidida bem antes da partida.

Neymar, que passou o carnaval no Brasil e levantou suspeitas sobre seu comprometimento com o Paris Saint-Germain, anunciou recentemente que voltará aos treinos nesta semana e que deve estar em campo depois da pausa para amistosos internacionais. Ele disse, também, para o globoesporte.com que “só tem olhos para o PSG”.