<
>

PSG vence Olympique de Marselha com show de Mbappé e Di María

play
Edu Gaspar revela conversas de Tite com Neymar e conta como é a convivência com o craque: 'Muito tranquilo' (1:17)

Veja a entrevista completa no WatchESPN (1:17)

Em noite iluminada de Di Maria - com dois gols e uma assistência, o Paris Saint-Germain venceu o Olympique de Marselha no Parque dos Príncipes por 3 a 1. Com a vitória deste domingo (17), a equipe conquistou sua sexta vitória consecutiva pelo Campeonato Francês e abriu 20 pontos de diferença para o segundo colocado, Lille, mesmo com um jogo a menos. Já o time visitante, que está na quarta colocação, também vinha de seis partidas sem perder, no entanto, venceu apenas 7 das 15 partidas disputadas fora de casa.

O PSG entra em campo novamente no próximo domingo, dia 31 às 16h, contra o Toulouse pelo Campeonato Francês.

Já o Olympique tem pela frente o Angers, também pelo campeonato nacional, só que no sábado, dia 30 às 13h.

GOL ANULADO PELO VAR

Aos 15 minutos do primeiro tempo, o PSG pressionou a saída do Olympique, Verratti recuperou a bola no meio de campo e lançou Di Maria cara a cara com goleiro. O argentino, com toda a calma, cavou a bola por cima de Mandanda e saiu para comemorar o belo gol. No entanto, o árbitro da partida não precisou nem ir até o monitor para cancelar o gol por um impedimento no começo da jogada, na hora do passe de Verratti.

LANCES DA PARTIDA

- No final do primeiro tempo, Mbappé ainda não havia tido nenhuma chance clara de gol na partida. Mas em um contra-ataque rápido, Di Maria recebeu a bola e correu em direção ao gol, até enxergar e tocar para o jovem francês que entrava sozinho pela direita da defesa do time de Marselha. Ele bateu com calma para tirar do goleiro Mandanda e abrir o placar no Parque dos Príncipes.

Com esse gol, Mbappé chegou à marca de 26 no Campeonato Francês e se isolou na artilharia da competição. Entre os goleadores das cinco grandes ligas europeias, o jovem fica atrás apenas de Lionel Messi.

- Já no começo do segundo tempo, antes que os jogadores de Paris pudessem tentar entrar no jogo novamente, Ocampos fez bela jogada pelo lado esquerdo da defesa parisiense e cruzou para Germain, caindo, empatar a partida.

- Só que o empate não ficou muito tempo no placar. Menos de 10 minutos depois, Di Maria apareceu de novo pela direita fazendo bela jogada, mas a bola acabou esbarrando na defesa e ficou com o companheiro do argentino, Thilo Kehrer. Nisso, o meia correu por trás da defesa e recebeu em diagonal perto da pequena área, batendo colocado no canto de Mandanda para ampliar o placar.

- Pouco depois do segundo gol do PSG, Di Maria disparou por entre os zagueiros e, novamente, saía cara a cara com Mandanda que, sem ter o que fazer e já fora da área, esticou a mão para desviar a bola no toque que o argentino dava para sair sozinho com o gol aberto. O juiz, sem dúvida, marcou a falta e expulsou o goleiro.

E para ficar pior para a equipe de Marseille, Di Maria bateu a falta direto para o gol que já era defendido por Yohann Pelé, a bola fez bela curva, bateu na trave e entrou para aumentar o marcador em 3 a 1 para Paris.

- Já nos acréscimos, aos 48 minutos, Mbappé fez ótima jogada pela direita, invadiu a área e foi derrubado, sendo marcado pênalti para o PSG. O mesmo pegou a bola para bater e marcar seu segundo gol no jogo, só que dessa vez o goleiro Yohann Pelé foi bem e defendeu a bola batida no canto direito do gol.