<
>

Internazionale vence com autoridade e ultrapassa o Milan no Italiano

Em um dos clássicos mais tradicionais do mundo, melhor para a Internazionale. Neste domingo, jogando no San Siro, a Inter dominou o Milan, venceu por 3 a 2 em jogo de grande segundo tempo e ultrapassou o rival na tabela de classificação do Campeonato Italiano. Vecino, De Vrij e Lautaro Martínez marcaram para os comandados de Spalletti, enquanto Bakayoko e Musacchio descontaram para os de Gattuso

Com o resultado deste domingo, a Inter não só freou o bom momento do rival como o ultrapassou o rival, chegando aos 53 pontos, dois a mais que o Milan. A vantagem para o Napoli, inclusive, se manteve em sete pontos diante da vitória dos comandados de Ancelotti.

Tendo a Data Fifa, os treinadores Gennaro Gattuso e Luciano Spalletti terão um bom tempo para trabalhar seus respectivos times. O Milan volta a campo apenas no próximo dia 30 para medir forças com a Sampdoria, fora de casa. Enquanto isso, no dia seguinte, a Internazionale terá pela frente, dentro de seus domínios, a Lazio.

O JOGO

Os torcedores mais atrasados ainda se acomodavam em seus lugares quando a Internazionale, sem tempo de fazer o Milan respirar, abriu o placar. Logo aos dois minutos, Perisic fez boa jogada pelo lado, cruzou da direita, Lautaro Martinez desviou para o meio da área e Vecino apareceu para completar para o fundo da rede, fazendo o primeiro gol do San Siro.

Atrás no placar, o Milan não se abalou e seguiu na estratégia de se impor jogando como mandante na partida. Aos sete minutos, por exemplo, Paquetá tentou surpreender com um chute fora da área que saiu sem direção e pela linha de fundo. Depois, o brasileiro tentou novamente abrir o placar, dessa vez por meio de um cabeceio, mas também para fora.

Aos poucos, após um abafa inicial do Milan na tentativa do empate, o Internazionale retomou a condição de protagonista da partida, mantendo maior posse de bola e criando chances, principalmente com Politano, uma das principais alternativas da Inter no primeiro tempo. Aos 29 minutos, em jogada muito parecida com a do primeiro gol, Vecino infiltrou novamente na área, mas mandou pela linha de fundo.

Após um primeiro tempo com seu time apagado, Gattuso decidiu promover mudanças no intervalo e tirou Lucas Paquetá, um dos melhores da equipe nos primeiros 45 minutos. A alteração, não se mostrou acertada logo nos primeiros minutos, com a Internazionale ampliando o placar aos cinco. Após cruzamento de Politano, De Vrij testou firme e fez o segundo.

Apesar dos dois gols de diferença, a Inter não abdicou do jogo, enquanto o Milan passou a pressionar ainda mais a saída de bola do rival. E a presença na área surtiu efeito para os comandados de Gattuso, que diminuíram aos 11 minutos do segundo tempo. Calhanoglu bateu falta da intermediária na área, e Bakayoko desviou para colocar no fundo da rede para o Milan.

A desvantagem mínima, entretanto, durou pouco para os donos da casa. Isso porque, a pressão acabou deixando margem para o contra-ataque da Inter. Donnarumma fez grande defesa no primeiro lance, mas aos 20 minutos o arqueiro nada conseguiu fazer, quando Politano foi derrubado por Castillejo dentro da área. Na cobrança de pênalti, Lautaro colocou os azuis em boa vantagem.

A emoção não ficou por aí e o Milan fez questão, aos 25 minutos, de voltar a entrar no jogo graças a Musacchio. Romagnoli cabeceou primeiro, Handanovic salvou, mas no rebote o defensor fez o segundo do Milan na partida. Na reta final, apesar da pressão, o resultado foi sustentado pela Inter, que ultrapassou o rival na tabela de classificação.

Confira os outros resultados do Campeonato Italiano neste domingo:

Genoa 2 X 0 Juventus

Atalanta 1 X 1 Chievo

Empoli 2 X 1 Frosinone

Lazio 4 X 1 Parma

Napoli 4 X 2 Udinese