<
>

Real Madrid: Zidane fala de treinar Neymar ou Mbappé, futuro de Militão e chances para Marcelo

Neste sábado, o Real Madrid marca um recomeço com a reestreia de Zidane no comando da equipe. Antes de voltar ao banco de reservas diante do Celta de Vigo, o treinador tricampeão da Champions League comentou vários assuntos quentes na entrevista desta sexta-feira. Entre eles, Neymar e Mbappé.

“Não vou falar de um jogador que não é meu. O que posso te dizer é que esses jogadores têm muita qualidade, mas só penso na partida de amanhã”, disse o técnico sobre a possibilidade de contratar uma das estrelas.

“Ficaria encantando de treinador todos os bons jogadores, mas não é momento de falar nisso”, declarou.

Zidane também falou sobre a recente contratação do brasileiro Éder Militão, ex-São Paulo, que foi comprado por 50 milhões de euros junto ao Porto.

“É um jogador que já assinou com o clube e é muito bom, com futuro. É um jogador jovem e pode jogar em duas posições, mas sua posição preferida é de zagueiro. É um jogador que vai somar aqui”, afirmou.

A ideia do francês é a mesma de Tite, que já afirmou preferir Militão no meio da defesa. “Tem 25 jogos como zagueiro. Ele está se afirmando e é nossa função preparar atletas importantes para a Copa do Mundo. E o Militão está inserido nesse aspecto. Eu o prefiro como zagueiro. Como lateral, ele vai ter dificuldade na última parte do campo, tal qual o Rogério Ceni o lançou por uma necessidade, mas em sua base foi feito como zagueiro”, afirmou o treinador da seleção em fevereiro.

Marcelo, Bale e Isco: má fase?

Zidane chega para recuperar o futebol de jogadores que não renderam com Julen Lopetegui e Santiago Solari nesta temporada. Entre eles, está o caso de Marcelo, que vinha sendo reserva.

“O vejo bem. Esses últimos dias o vi bem. Não tem jogado muito, é verdade, mas é profissional e com certeza tem treinado bem. É preciso respeitar tudo o que fez o treinador anterior, porque não é fácil. Vejo o Marcelo bem, animado e com vontade. Estou feliz de ver Marcelo assim e os demais também”, comentou Zidane.

“Eu vejo eles prontos para jogar amanhã. Claramente”, disse o francês sobre o lateral brasileiro e sobre Isco, que nem no banco de reservas ficava com Solari.

“Nós estamos aqui para pensar em futebol e o Isco também. Isco quer jogar e não tem nada extracampo contra ele”, afirmou.

Bale também foi tema da entrevista. Assim como com os outros atletas, Zidane deu confiança para o atacante galês.

“Não vou falar da temporada do Bale. Restam 11 partidas e vou contar com ele em todas. Vou me repetir muito, vou dizer a mesma coisa muitas vezes. Gareth está preparado para jogar”, explicou.