<
>

Tiago Nunes acredita que goleada pode ajudar a definir classificação do Athletico-PR

Miguel Locatelli/CAP

O Athletico Paranaense fez sua primeira partida em casa pela Libertadores da America e mostrou sua força na Arena da Baixada ao bater os bolivianos do Jorge Wilstermann por 4 a 0, assumindo a segunda colocação do Grupo G. O técnico Tiago Nunes não escondeu a satisfação não apenas com o resultado elástico, mas com a atuação segura do time em campo.

“Uma atuação equilibrada, conseguimos produzir muito ofensivamente. Temos um saldo muito positivo na apresentação. O coletivo foi muito bom. Criamos nove chances de gol, mais de 20 finalizações. Uma grande atuação e todos estão muito felizes”, disse o treinador, que enxerga ainda espaço para o time evoluir na competição.

“Temos potencial de melhora sempre, principalmente pelo número pequeno de jogos que fizemos até agora”, emendou.

O comandante rubro-negro destacou ainda a capacidade de reação após uma estreia com derrota para o Tolima, apagando uma atuação ruim na Colômbia.

“Na Colômbia teve o componente da estreia. Claro que o nível de confiança aumenta dentro de casa. Estávamos pressionados para vencer, mas nos portamos muito bem. Vamos passando as etapas, vamos oscilar, mas o poder do grupo vai falar mais alto. Quem entrar vai manter a regularidade de performance”, avaliou.

Tiago, entretanto, prevê que o grupo pode ser decidido nos detalhes e, por isso, a goleada pode ter um grande peso no momento de decidir quem passará para aproxima fase.

“O 4 a 0 foi construído, não foi achado, foi de forma contundente. Acho que pode ser um quesito que pode ser definidor de classificação. Será uma chave equilibrada até o último jogo”, finalizou.