<
>

Ex-técnico do Real escolhe Messi e exclui Cristiano Ronaldo entre os "gênios do futebol"

Duas atuações decisivas colocaram novamente em pauta a pergunta que acompanha o futebol internacional pelo menos nos últimos dez anos: quem é melhor, Messi ou Cristiano Ronaldo?

Para Fabio Capello, ex-treinador, entre outros clubes, de Real Madrid e Juventus, a resposta não poderia ser outra a não ser o camisa 10 do Barcelona. Pelé é o brasileiro que faz parte do top 3.

“Na história do futebol, só existiram três gênios da bola: Pelé, Maradona e Messi. Obviamente, este é apenas o meu pensamento. Maradona e Messi não só conseguiram pensar em jogadas brilhantes como também conseguiram pô-las em prática. Juntamente com Pelé, foram e continuam a ser jogadores únicos e impressionantes”, disse à emissora italiana Sky Sports, onde é comentarista.

As declarações geraram polêmica na Itália, país onde Cristiano Ronaldo atua pela Juventus. Capello recebeu muitas críticas, principalmente porque o português foi responsável direto pela virada e classificação da Velha Senhora às quartas da Champions League após marcar um hat-trick. Mesmo assim, ele manteve sua opinião. “Ronaldo foi incrivelmente forte, mas Messi foi genial”, completou.

Por outro lado, o comentarista tem números a seu favor. Apesar de CR7 ter marcado os três gols da vitória da Juventus em cima do Atlético de Madrid, fechando o placar acumulado em 3 a 2, Lionel Messi também foi decisivo na partida entre Barcelona e Lyon, que aconteceu na última quarta-feira. Ele marcou dois tentos e deu duas assistências, na goleada de 5 a 1 que classificou o clube catalão às quartas de final da competição.

Juventus e Barcelona venceram seus compromissos e passaram para a próxima fase da Champions. O sorteio para as quartas de final acontece nesta sexta-feira, mas, até lá, muitos estão sonhando com o embate entre as equipes para colocar frente a frente, “como nos velhos tempos”, Cristiano Ronaldo e Lionel Messi.