<
>

Cotado no Real, Mourinho avalia retorno de Zidane ao comando do time

O francês Zinédine Zidane retornou ao comando técnico do Real Madrid, clube que lhe deu projeção mundial como jogador e treinador, nesta semana, após mais um fiasco dos blancos na temporada, a eliminação diante do Ajax na Liga dos Campeões. José Mourinho, um dos nomes cotados para assumir a equipe, comentou a negociação.

“Zidane me parece perfeito. Fez coisas fantásticas nos últimos anos e é uma boa oportunidade para demonstrar o quanto é bom, com um novo projeto”, reagiu o técnico português ao programa espanhol El Chiringuito de Jugones. Quando questionado se ficou “desiludido” com a notícia, repetiu que o francês parece perfeito para o cargo.

Ainda sem emprego desde sua demissão no Manchester United, em dezembro do ano passado, Mourinho garantiu que não conversou com ninguém ligado ao clube para acertar seu retorno (ele comandou o Real Madrid entre 2010 e 2013). “Digo que está perfeito, para mim está perfeito. O Real Madrid não tem de me dar qualquer explicação, porque não falei com ninguém”, finalizou.

O retorno do Zidane foi oficializado na última segunda-feira, com a demissão de Santiago Solari. O francês saiu do comando da equipe após a conquista da sua terceira Liga dos Campeões seguida, saída esta confirmada no final de maio de 2018, para surpresa de muitos. Depois, o clube anunciou Julen Lopetegui, então treinador da seleção espanhola, para o cargo, que acabou não dando certo. Em sequência, o Real anunciou Solari, interino que depois foi efetivado.

Já José Mourinho foi demitido do United em dezembro de 2018 após uma série de resultados abaixo do esperado e brigas internas, inclusive com alguns atletas, como Paul Pogba. Ele já deu indícios de que trabalharia na Itália e na Inglaterra, mas, mesmo com boatos em vários times, ainda não acertou nenhum vínculo.