<
>

De luto por Eurico Miranda, Vasco recebe o Avaí pela Copa do Brasil

Em clima de luto pela morte de Eurico Miranda, um dos mais importantes dirigentes de sua história, o Vasco entra em campo nesta quinta-feira, às 21h30 (horário de Brasília), em São Januário, no Rio de Janeiro (RJ), em choque válido pela rodada de ida da terceira fase da Copa do Brasil.

O Cruz-Maltino está invicto na temporada e, na etapa anterior, eliminou o Serra com um triunfo por 2 a 0 no Espírito Santo. Já o time catarinense, terceiro colocado no Campeonato Estadual, vem de uma derrota de 1 a 0 para o Hercílio Luz. Mas, na fase anterior do mata-mata nacional, despachou o Brasil de Pelotas com um triunfo por 2 a 0.

Alberto Valentim, treinador do Vasco, passou os últimos dias passando para os jogadores a necessidade de se fazer um jogo perfeito para se ter tranquilidade no duelo de volta, no dia 10 de abril, no Estádio Ressacada, em Florianópolis (SC). O discurso foi bem assimilado pelos atletas.

“Temos que trabalhar com muita seriedade e empenho, pois a nossa equipe tem condições de fazer um grande jogo e dar um passo importante para a classificação. O Avaí tem qualidade, mas se quisermos nos classificarmos é muito importante fazermos um duelo perfeito em nossa casa. Temos que conquistar os gols e de preferência abrir alguma vantagem, mesmo diante de um bom time como é o Avaí”, disse o goleiro Fernando Miguel.

Apesar de fazer o primeiro jogo em casa, os vascaínos minimizaram o fato de a decisão da vaga acontecer em Santa Catarina.

“Com essa regra nova de não ter mais o gol fora de casa, acredito que não importa muito onde vai ser a primeira ou a segunda partida. Temos aqui o exemplo de 2011, quando o Vasco decidiu contra o próprio Avaí fora de casa e conseguiu a classificação. Estávamos esperando esse jogo com ansiedade, e posso garantir que estamos preparados para ele. É um campeonato que queremos muito e vamos atrás dele”, finalizou o lateral Danilo Barcelos.

O time para este jogo será divulgado por Alberto Valentim somente minutos antes do confronto, mas ele manterá a base que empatou por 1 a 1 com o Flamengo no fim de semana.

Pelo lado do Avaí, o técnico Geninho quer seu time com alto poder de concentração.

“Sabemos que enfrentar o Vasco em São Januário é muito complicado e por isso mesmo a nossa equipe vai precisar estar em uma grande noite se realmente quiser conquistar um resultado positivo. Vamos decidir a classificação em casa, mas a vaga passa obviamente por fazermos um bom jogo mesmo longe do nosso torcedor. Temos que estar no estágio máximo de concentração”, analisou Geninho.

O Avaí vai promover neste jogo o retorno dos jogadores preservados na derrota para o Hercílio Luz pelo Campeonato Catarinense. Casos dos zagueiros Betão e Marquinhos Silva e do volante Pedro Castro.

FICHA TÉCNICA

VASCO-RJ X AVAÍ-SC

Local: São Januário, no Rio de Janeiro (RJ)

Data: 14 de março de 2019 (Quinta-feira)

Horário: 21h30 (horário de Brasília)

Árbitro: Flávio Rodrigues de Souza (SP)

Assistentes: Alex Ang Ribeiro (SP) e Miguel Cataneo Ribeiro da Costa (SP)

VASCO: Fernando Miguel; Raúl Cáceres, Werley, Leandro Castán e Danilo Barcelos; Raul, Lucas Mineiro, Yago Pikachu e Thiago Galhardo; Marrony e Maxi López

Técnico: Alberto Valentim

AVAÍ: Glédson, Alex Silva, Betão, Marquinhos Silva e Iury; Ricardo, Pedro Castro, Matheus Barbosa, João Paulo e Getúlio; Daniel Amorim

Técnico: Geninho