<
>

Internacional domina e vence o Alianza Lima em noite de Nico López

Sem dificuldades, o Internacional venceu o Alianza Lima por 2 a 0 nesta quarta-feira, pela segunda rodada da Copa Libertadores, com show de Nico López.

Inspirado, o atacante uruguaio comandou as ações ofensivas do time gaúcho e marcou os dois gols dos donos da casa, e garantiu a segunda vitória da equipe no torneio continental.

Agora, o time comandado por Odair Hellmann soma 6 pontos em dois jogos, e é o líder do Grupo A, que ainda tem o River Plate (2 pontos), o Alianza Lima (1) e o Palestino (1).

Gols: os dois que definiram a partida vieram logo no início da partida. No primeiro, Nico López recebeu com liberdade e finalizou de fora da área aos 9 minutos. O segundo, aos 20, veio com o uruguaio novamente, que fez jogada individual, arriscou de longe, e contou com desvio na zaga para vencer Gallese.

Marcelo Lomba: apesar da vitória tranquila do Inter, o goleiro apareceu ainda na primeira etapa com uma defesa monumental dentro da área, à queima-roupa.

O próximo compromisso do Inter pela Libertadores é contra o River Plate, no mesmo Beira-Rio, mas a equipe de Odair Hellmann volta aos gramados no próximo domingo, pelo Campeonato Gaúcho, contra o Grêmio.

Jogo

Impulsionado pela torcida, o Internacional foi para cima e com 01 minuto, Pottker acionou Sobis, que se atrapalhou com a bola e deixou escapar pela linha de fundo. Aos 2, Patrick tocou para Sobis, que encontrou Iago na área. O lateral-esquerdo chutou, mas Gallese espalmou para fora.

Uma blitz total do Colorado nesse começo de jogo. A pressão vermelha surtiu efeito. Aos 07, Nico López recebeu de Pottker, dominou e chutou no canto esquerdo de Gallese, que foi na bola, mas não alcançou.

Aos 11, Rafael Sobis que recebeu em frente à área, girou e chutou, mas mandou por cima do gol de Gallese.

Que lance perigoso, aos 14, após pressão na área, Ugarriza chutou de dentro da área, mas Lomba faz uma grande defesa e evitou o gol do Alianza. Mais uma vez, Nico López recebeu lançamento de Rafael Sobis, Aos 18, o uruguaio dominou, entortou o primeiro marcador, se livrou do segundo e chutou. A bola desviou antes de matar Gallese e morrer no fundo da rede. Aos 26, Patrick, com dores na virilha esquerda, acabou sendo substituído por Nonato.

O Colorado recuou as suas linhas e deixou a posse da bola com os peruanos. Mas nas jogadas de velocidade os donos da casa levaram pânico a defesa dos visitantes. Aos 41, Nico López lançou Edenílson, que cruzou para Sobis. O chute saiu fraco e Gallese segurou.

Na etapa inicial, o Internacional não tomou conhecimento do Alianza Lima, se impôs, e brilhou a estrela de Nico López. Também tem que ser destacadas as boas atuações de Lomba, Moledo, Cuesta, Edenílson, Dourado e Rafael Sobis.

Um lance polêmico, aos 02: Quevedo tentou cortar Dourado, mas caiu. A arbitragem mandou o jogo seguir. Nessa segunda etapa, o Colorado manteve o nível de intensidade, como ocorreu no primeiro tempo.

Com muita sabedoria, o Internacional teve mais posse de bola. A equipe vermelha só precisaria caprichar no último passe. Por sua vez, os peruanos tentam atacar, mas não conseguem.

Passado mais de 20 minutos do segundo tempo, o nível técnico caiu de qualidade. Aos 26, D’Alessandro cobrou escanteio na cabeça de Dourado, mas Gallese, atento, segurou. Aos 29, Zeca tocou para Nico, que encontrou Sobis. O atacante chutou fraco e Gallese defendeu.

Sem ser ameaçado, o Internacional tocou a bola de um lado o outro e segurou importante triunfo na Libertadores. De quebra, os comandados de Odair Hellmann chegam a sétima vitória consecutiva na temporada.

Ficha Técnica:
Internacional 2 x 0 Alianza Lima

Local: Estádio Beira-Rio, em Porto Alegre-RS
Data: 13 de março (Quarta-feira)
Horário: 21h30(de Brasília)
Árbitro: Jesus Valenzuela (VEN)
Assistentes: Jorge Urrego (VEN) e Lubin Torrealba (VEN)
Renda: R$ 1.806.983,00
Público Total: 42.524
Cartão amarelo: Cartagena, Quevedo, Tomás Costa (Alianza Lima), Rodrigo Moledo, Cuesta (Internacional)
Gols: Nico López (Internacional), aos 07 minutos e 18 minutos do primeiro tempo.

Internacional: Lomba, Zeca, Moledo, Cuesta e Iago, Dourado, Edenílson, Patrick (Nonato) e Nico López, Pottker (D´Alessandro) e Rafael Sobis (Pedro Lucas). Técnico: Odair Hellmann

Alianza Lima: Gallese; Rodrigo Cuba, Riojas, Godoy e José Guidino, Cartagena, Tomás Costa, Luís Ramírez (Arróe) e Quevedo (Rodriguez), Manzaneda e Ugarriza (Sánchez). Técnico: Miguel Ángel Russo