<
>

Real Madrid: Jornal revela salário de Zidane no retorno ao Bernabéu

Segundo o jornal El Confidencial, o acordo feito para o retorno de Zinedine Zidane ao comando técnico do Real Madrid ficou bom para as duas partes.

O diário revelou que o comandante irá ganhar mais do que eu sua vitoriosa passagem anterior, o que certamente o ajudou na decisão de voltar ao Santiago Bernabéu.

No entanto, os vencimentos serão menores do que os que o presidente Florentino Pérez imaginava que teria que oferecer para contar novamente com "Zizou", o que agradou bastante a diretoria merengue.

No fim das contas, o salário de Zidane será de 12 milhões de euros livres de impostos (R$ 52 milhões) por temporada.

Além disso, o francês receberá uma série de extras e bônus, que irão aumentar o saldo de forma progressiva até 2022 (duração do contrato).

Na sua passagem anterior (2016 a 2018), ele recebia 7,5 milhões de euros livres (R$ 32,5 milhões, na conversão atual) por temporada.

"A operação saiu da melhor maneira para os interesses esportivos e econômicos do clube. Ter que afrontar a contratação de Pochettino (10 milhões de euros livres no Tottenham), Jurgen Klopp (8,5 milhões de euros livres no Liverpool) ou Massimiliano Allegri (8 milhões de euros livres na Juventus), ou inclusive o possível retorno de José Mourinho, que cobrava 20 milhões de euros livres ao Manchester United, sairia mais caro que o contrato de Zidane", destacou o El Confidencial.

Zidane, que assinou até junho de 2022, venceu a Champions três vezes seguidas pelo Real - 2015/16, 2016/17, 2017/18.

O ex-meio-campista também foi campeão de LaLiga (2016/17), da Supercopa da Espanha (2017), Supercopa da Uefa (2016 e 2017) e do Mundial de Clubes da Fifa (2016 e 2017).