<
>

Jornal de Madri aponta 'erro histórico' do Real com Cristiano Ronaldo: 'Valia 1 bilhão e venderam por 100 milhões'

play
Champions League: Tironi: 'É impressionante a quantidade de jogo importante que Cristiano Ronaldo resolveu' (0:35)

Comentarista exaltou a atuação do português diante do Atlético de Madrid (0:35)

Após Cristiano Ronaldo decidir a classificação da Juventus para as quartas de finais da Uefa Champions League na última terça-feira, o jornal espanhol Marca definiu como um erro histórico a forma como o Real Madrid lidou com a venda do atleta.

“O time espanhol nunca poderia ter deixado escapar um jogador assim, com contrato em vigor, o maior goleador da história do clube, um dos responsáveis pelas últimas quatro conquistas de Champions League”, informou o periódico.

“Ainda mais por alguns trocados, tratando de um mito. Negociaram o Morata por 80 milhões de euros (R$ 346 milhões) no último verão e deram de presente a sua lenda por 100 milhões de euros (R$ 432 milhões). Acabamos de ver que Ronaldo não tem preço. Um erro histórico”, completa.

Em nove anos na Espanha, Cristiano Ronaldo jogou 438 partidas e marcou 480 gols, se tornando o maior artilheiro da história do clube, além de ter vencido quatro vezes a Champions League.

“Eu entendo que para Madri era insuportável tê-lo, que mais cedo ou mais tarde Cristiano deixaria o Bernabéu, mas não poderia ser por 100 milhões, valeria se fosse por 1 bi. Exceto que se o objetivo fosse perdê-lo de uma maneira ruim, é claro”, finaliza o Marca.