<
>

Champions League: Manchester City faz 7 no Schalke e avança às quartas

Foi um passeio do Manchester City no Etihad Stadium! A equipe inglesa goleou o Schalke por 7 a 0, nesta quarta-feira, e avançou às quartas de final da Uefa Champions League.

No jogo de ida, na Alemanha, os Citizens haviam vencido os alemães por 3 a 2.

O City agora se junta a Manchester United, Ajax, Porto e Tottenham. O sorteio da próxima fase da competição e também do chaveamento das semifinais acontece já nesta sexta-feira.

Recordes de Aguero

Os visitantes abriram o placar com um pênalti bastante polêmico. Aos 31, após cruzamento de Gündogan para dentro da área, Bernardo Silva se chocou com Bruma e caiu dentro da área. Aguero deu uma cavadinha com muita categoria no meio do gol e enganou o arqueiro Fährmann.

Apenas seis minutos depois, o Aguero balançou as redes outra vez. Sterling foi lançado no lado direito do ataque e deu passe de calcanhar para o argentino, que dominou meio desequilibrado, mas chutou entre as pernas do goleiro.

O atacante marcou pela primeira vez na carreira em quatro jogos de Champions League. Aguero agora é o terceiro maior artilheiro não europeu da história do torneio, com 36 gols. Ele está atrás apenas de Lionel Messi (106) Didier Drogba (44).

São 10 gols nas últimas cinco partidas em casa em todas as competições.

'Lei do ex'

Antes do intervalo, o City garantiu a vitória. Aos 42, Zinchenko deu passe para Sané, que invadiu a área pela esquerda e chutou cruzado. Revelado no próprio Schalke, o atacante alemão não comemorou o gol.

VAR neles!

Na segunda etapa, foi a vez do VAR entrar em ação. Primeiro, auxiliando o juiz a anular um gol de Sané. Aos dois minutos, ele recebeu passe (em impedimento) de David Silva, driblou o goleiro e tocou para o fundo das redes.

Aos sete, o árbitro de vídeo corrigiu uma marcação errada do bandeirinha. Sané recebeu na esquerda e cruzou para Sterling, que completou para o gol. O assistente assinalou o impedimento, mas o VAR mostrou que a posição era regular.

Bernardo Silva deixou sua marca, aos 26. Zinchenko tocou para Sané na área, que cruzou para Bernardo Silva chutar no canto direito.

Aos 33, o City chegou ao sexto gol. Após boa jogada de Sané, Foden recebeu na entrada da área, driblou o goleiro e tocou para o fundo das redes.

Gabriel Jesus, que entrou na segunda etapa, deixou sua marca. Aos 37, o brasileiro recebeu passe de David Silva e chutou na entrada da área. A bola, chutada com efeito, foi no canto direito e enganou o goleiro Fährmann.

Foi o quarto gol do camisa 33 em cinco jogos nesta edição da Champions.

Ficha Técnica

MANCHESTER CITY X SCHALKE 04

Local: Etihad Stadium (Inglaterra)
Data: 12 de março de 2019, terça-feira
Horário: 17h (Brasília)
Árbitro: Clément Turpin (FRA) Assistentes: Nicolas Danos (FRA) e Cyril Gringore (FRA)
VAR: Nicolas Rainville (FRA)
Cartões amarelos: Danilo, Zinchenko (Manchester City); Bruma (Schalke 04)
GOLS: Sergio Aguero, aos 35 e aos 38 minutos do primeiro tempo, Sané, aos 42 minutos do primeiro tempo, Sterling aos 10 minutos do segundo tempo, Bernardo Silva, aos 26 minutos do segundo tempo, Phil Foden, aos 33 minutos do segundo tempo, Gabriel Jesus aos 39 minutos do segundo tempo.

MANCHESTER CITY: Ederson; Walker, Danilo, Laporte (Delph) e Zinchenko; David Silva (Phil Foden), Gundogan e Bernardo Silva; Sané, Aguero (Gabriel Jesus) e Sterling
Técnico: Pep Guardiola

SCHALKE 04: Fahrmann; Stambouli, Bruma, Sané e McKennie (Mendyl); Bentaleb, Konoplyanka, Serdar, Oczipka e Burgstaller; Embolo (Skrzybski)
Técnico: Domenico Tedesco