<
>

Atlético de Madrid vence Leganés e segue atrás do Barcelona em LaLiga

O Atlético de Madrid recebeu o Leganés no Wanda Metropolitano neste sábado e venceu no 'esitlo Simeone'. Sem muitas chances no ataque, o time fez uma partida com as suas características e triunfou por 1 a 0.

Com o resultado, a equipe chega aos 56 pontos e segue no segundo lugar em LaLiga, quatro tentos atrás do Barcelona, que ainda atua na 27ª rodada.

O Atlético não ofereceu chances para o adversário com o sistema defensivo característico de seu treinador. O ataque, por outro lado, não teve muita inspiração e finalizou apenas quatro vezes ao gol adversário.

O gol de Saúl, no rebote de pênalti perdido por ele mesmo, salvou a tarde do time espanhol, que tenta ainda encostar no líder Barcelona.

Jogo Amarrado

A primeira etapa não teve muitas emoções para o torcedor colchonero. A única chance de mais perigo foi com Antoine Griezmann, ainda aos seis minutos de jogo. O francês recebeu na entrada da área e, com espaço, finalizou forte. A bola passou raspando o travessão adversário e quase o Atlético abriu o placar.

A partir de então, o jogo ficou amarrado no meio-campo. O time de Simeone era preciso nos desarmes, mas não conseguia evoluir no ataque. Do outro lado, o Leganés também mostrava fragilidade na parte ofensiva.

A segunda etapa começou boa para o Atlético. Logo aos 10 minutos, Correa foi derrubado dentro da área e o árbitro apontou pênalti. Saúl foi para a cobrança e bateu mal, para a defesa do goleiro. O camisa 8, porém, aproveitou o rebote e marcou o gol Colchonero.

Com a vantagem no placar, o Atlético optou por defender a área e apostar nos contra-ataques para matar a partida. Apesar de muita vontade, o Leganés mostrou limitações e não conseguiu oferecer perigo contra o sistema defensivo bem armado da equipe de Simeone.

Mesmo sem chances para ampliar a vantagem, o Atlético não sofreu e conseguiu os três pontos para mais de 58 mil pessoas que lotaram o Wanda Metropolitano.