<
>

Times do interior podem ‘atrapalhar’ grandes na rodada do Paulistão

A décima rodada do Campeonato Paulista tem início nesta sexta-feira com três partidas importantes não só para quem estará dentro de campo no dia, mas também para os quatro grandes, que atualmente figuram em primeiro lugar em seus respectivos grupos. Como jogam sábado e domingo, Palmeiras, São Paulo, Corinthians e Santos pisam no gramado já sabendo resultados que podem pressioná-los a vencer (nesta e/ou na próxima rodada).

O primeiro compromisso desta sexta é entre Botafogo e Bragantino, às 18h45 (de Brasília), no estádio Santa Cruz, em Ribeirão Preto. Com apenas quatro pontos, os donos da casa possuem a segunda pior campanha do Paulistão e sua classificação para a próxima fase é considerada impossível (teria que ganhar todas e torcer para os adversários do grupo perderem todas também). Melhor para o Bragantino, que está fora da zona de classificação do grupo C, mas, caso vença (de goleada) e a Ferroviária perca do São Paulo (de goleada também), pode voltar à segunda colocação.

No entanto, o Massa Bruta precisa esquecer as quatro rodadas sem vencer e focar nos pontos que precisa para se classificar. “Nosso grupo não está definido. É um grupo muito duro. Temos que ter o pé no chão. Ainda há a possibilidade de classificação. Vamos trabalhar para estar entre os dois primeiros colocados”, disse o técnico Marcelo Veiga após a derrota para o tricolor, no último final de semana.

Um pouco mais tarde, às 19h, Oeste e RB Brasil se encontram na Arena Barueri para medir forças – e é o momento de esquecer a derrota do Rubrão para o Santos, no jogo passado, e tentar somar os três pontos para retomar a liderança do grupo D, que agora está com o São Paulo. Com 12 pontos, um a menos que o tricolor, que enfrenta a Ferroviária na rodada, os comandados de Renan Freitas entram em campo sem três destaques: Kanu, Matheus Jesus e Bruno Lopes, suspensos pelo terceiro cartão amarelo.

Do outro lado, o RB Brasil ostenta a melhor campanha entre os times do interior: 18 pontos, contra 22 do Peixe, que é o líder do grupo A, onde está em segundo lugar. A equipe comandada por Antonio Zago vem de uma vitória por 1 a 0 em cima do Novorizontino e pretende continuar a diferença para o terceiro colocado do grupo, a Ponte Preta, que tem apenas 13.

Fechando as partidas de sexta, Ituano e Guarani duelam no Novelli Júnior, em Itu, às 21h (de Brasília). O Ituano, que é o terceiro colocado do grupo D, vem de derrota para o Palmeiras por 3 a 2 e busca recuperação na competição para retomar seu lugar na zona de classificação para as quartas de final. Para isso, é preciso correr contra o tempo, fazer a lição de casa e torcer contra São Paulo e Oeste.

“Sem dúvida o jogo de sexta com o Guarani é fundamental para a nossa classificação. Saímos da zona e agora temos os últimos três jogos. Não podemos pensar somente em pontuar, temos que pensar na vitória e principalmente porque jogamos em casa. Será uma dificuldade enorme na partida contra o Guarani, que também tem uma boa pontuação e está brigando firme pela classificação. Será uma decisão para os dois times”, garantiu o técnico Vinicius Bergantin.

Já o Guarani vem de um empate por 1 a 1 contra a Ferroviária, na última sexta. A equipe está em segundo no grupo B, atrás apenas do Palmeiras (18 pontos), mas como o Novorizontino segue logo atrás, com apenas um ponto de diferença (14 e 13, respectivamente), apenas a vitória interessa (e caso o alviverde perca, fica mais perto da liderança). Para a partida, Osmar Loss poderá contar com os retornos de Lenon, Felipe Amorin e Fernando Viana, além de Diego Giaretta e Ricardinho, que cumpriram suspensão automática na última rodada.

Confira abaixo todos os jogos desta sexta-feira do Campeonato Paulista, respeitando os horários de Brasília:

18h45 – Botafogo x Bragantino

19h – Oeste x Red Bull Brasil

21h – Ituano x Guarani