<
>

Neymar desabafa e reclama de críticas durante a Copa-2018: 'Foi uma culpa exagerada para mim'

play
Preparador físico diz que seleção espera Neymar 'em melhores condições' na Copa América do que no Mundial da Rússia (1:05)

Fábio Mahseredjian atualizou situação do atacante do PSG, que se recupera de fratura no pé direito (1:05)

O atacante Neymar, do Paris Saint-Germain, finalmente desabafou sobre as muitas críticas que sofreu durante a Copa do Mundo 2018, na Rússia, em que o Brasil foi eliminado pela Bélgica ainda nas quartas de final.

Em entrevista à TV Globo que vai ao ar na íntegra no próximo domingo (3), no programa Esporte Espetacular, ele considerou que foi injusto colocar a culpa pela derrota em cima de seus ombros e também nos do volante Fernandinho, que fez o gol contra que abriu o placar para os belgas.

"Acho que foi uma culpa exagerada para mim. Só que eu sabia, e foi assim ao longo da minha carreira, né? Sei que, quando o Brasil perde, a maioria do peso vem totalmente nas minhas costas", disparou.

"Acho que o exagero foi muito grande não só comigo, com o Fernandinho também. Ele é outro cara que foi recriminado de uma forma que eu... Que não dá para entender, sabe?", reclamou.

Após avançar na primeira fase em um grupo que tinha Suíça, Sérvia e Costa Rica, o Brasil eliminou o México nas oitavas, mas caiu para a Bélgica nas quartas, em uma derrota por 2 a 1 na qual Neymar pouco fez em campo.

Durante o Mundial, ele ainda virou piada ao redor do planeta por suas frequentes quedas em campo, que foram satirizadas por torcedores de vários países na Rússia, e também em programas de TV ao redor do globo.

Em entrevista recente ao SporTV, Neymar da Silva Santos, pai do jogador, disse que as quedas são um "artifício" que o atleta usa desde a base para não se machucar.

"Podem falar que é cai-cai e que simula. Ele não simula, é um artifício que ele usa desde a base, desde quando se profissionalizou", observou.