<
>

Palmeiras: Felipão revela por que Zé Rafael só fez 1 jogo no ano e promete bancar Carlos Eduardo

play
Felipão justifica falta de oportunidades para Zé Rafael no Palmeiras (0:20)

Meia recém-chegado do Bahia ainda não teve muitos minutos em campo (0:20)

Na última quarta-feira, o Palmeiras venceu o Ituano por 3 a 2, no Allianz Parque, em duelo válido pela 9ª rodada do Campeonato Paulista.

Ricardo Goulart arrebentou, com dois gols e uma assistência, mas Carlos Eduardo decepcionou mais uma vez e fez outro jogo ruim.

Apesar da nova atuação abaixo do jogador que custou R$ 24 milhões aos cofres alviverdes, o técnico Luiz Felipe Scolari prometeu seguir bancando a escalação do jovem de 22 anos.

Mesmo com os chiados da torcida ficando cada vez mais fortes...

"(Carlos Eduardo) Tem que entrar jogando. E eu tenho que fazer com que o torcedor entenda que ele é jogador do Palmeiras. Se o torcedor não gosta, não adianta nada. Ele pode não gostar, mas se o técnico, que sou eu, colocá-lo em campo, acho que o torcedor deve apoiá-lo. E se não apoiar, vai continuar jogando", bradou Felipão.

"Não adianta nada (reclamar). Não fico bravo com a torcida. Se (o jogador) não tiver personalidade, eu não coloco. Mas com personalidade, tentando e errando, eu coloco. Independentemente se a torcida gosta ou não", completou.

O treinador palestrino também explicou a falta de oportunidades dadas ao meia Zé Rafael, que vem sendo um nome clamado pelos torcedores tanto no Allianz Parque quanto nas redes sociais.

Até agora, o ex-jogador do Bahia só entrou em campo uma vez na temporada: em 23 de janeiro, contra o Botafogo-SP.

"Ele teve poucas chances porque eu entendo que na posição que ele joga, que é pelo lado esquerdo, tem o Dudu. E o Dudu vem dando conta tranquilamente do que eu desejo", observou Scolari.

"No momento que eu achar interessante colocá-lo, vou colocá-lo. Ele tem treinado normalmente, faz seu trabalho e espera uma chance", finalizou.

Na próxima rodada do Estadual, o Palmeiras visita o Mirassol, dia 9 de março, fora de casa, às 16h30 (de Brasília).

Antes, porém, o Verdão encara o Junior-COL, dia 3 de março, em Barranquilla, pela estreia da Libertadores.