<
>

Premier League em reta final: 6 perguntas que podem decidir o campeonato

Neste meio de semana, a Premier League chega à sua 28ª rodada, recheada de grandes jogos que podem decidir o campeão, todos com transmissão dos canais ESPN.

Com os grandes candidatos ao título, Manchester City e Liverpool em campo, esta semana pode encaminhar o título ao time de Pep Guardiola ou então ao time de Jurgen Klopp.

Klopp e seus comandados vão a campo após um 0 a 0 sem sal contra um Manchester United em 'frangalhos'. Enquanto o City levantou seu primeiro caneco do ano diante do Chelsea, na final da Copa da Liga Inglesa.

Com o meio de semana 'recheado', seis perguntas se tornam cruciais para o destino da temporada 2018-19 da Premier League.

Conseguiria um embalado Watford surpreender um oscilante Liverpool?

O Liverpool parece ter perdido o 'pique' do início da temporada, e o time de Klopp pareceu cansado após o empate com o United na última rodada. Talismã da última temporada, Salah se desencontrou com as redes, e a esperança de gols se tornou algo preocupante após Firmino deixar o clássico de muletas.

Apesar dos Reds terem chego ao topo da tabela com o ponto do empate, eles enfrentam um embalado Watford que vem de uma goleada por 5 a 1 sobre o Cardiff em seu último compromisso, e parecem ser uma ameaça real a Klopp e companhia.

No duelo, a condição física parece ser algo decisivo.

O título na Copa da Liga Inglesa irá embalar o City à quádrupla coroa?

Apesar do empate em 0 a 0, o City voltou aos seus vestiários com o gostinho de vitória após a partida diante do Chelsea no último final de semana. O título da Copa da Liga Inglesa, conquistado nos pênaltis, pode ter inflamado os jogadores de Guardiola à arrancada final na Premier League.

Nesta rodada, os Citizens encaram um West Ham instável, mas terão de lidar com alguns problemas: Fernandinho e Laporte deixaram o jogo do Chelsea com lesão, e Otamendi também teve problemas físicos, apesar de ter permanecido no campo até o final.

Recebendo os Hammers, Cty também deve, assim como o Liverpool, mostrar sinais de cansaço, e precisará mostrar porque tem um dos elencos mais caros e recheados do mundo.

As lesões podem atrapalhar o momento de Solskjaer no United?

Uma verdadeira enfermaria: o United perdeu Juan Mata, Ander Herrera e Jesse Lingard no primeiro tempo na partida contra o Liverpool. O empate em 0 a 0, apesar de sem sal, pareceu heróico para o time comandado por Ole Gunnar Solskjaer.

Além do trio, Nemanja Matic, que completará um mês lesionado, e Marcus Rashford, que atuou com inflitrações, completam a lista de contundidos dos Red Devils.

Operando um verdadeiro milagre na arrancada do United após a demissão de Mourinho, Solskjaer admitiu que pode utilizar alguns jogadores da base diante do Crystal Palace, que apesar de não ocupar uma posição expressiva na tabela, se tornou um time chato de ser enfrentado sob o comando de Roy Hodgson.

Enfrentando uma dupla que parece se entrosar formada por Wilfried Zaha e Michy Batshuayi, a coleção de lesões no United não poderia ter vindo em momento mais inoportuno.

Arsenal pode ser o favorito para assumir o quarto lugar?

Após a vitória tranquila sobre o Southampton no final de semana, o Arsenal, discretamente, assumiu a quarta colocação da Premier League, e pode aproveitar a rodada complicada para United e Chelsea para se consolidar na briga pela Uefa Champions League.

Adversário desta rodada, o Bournemouth perderam seus últimos nove jogos fora de casa, e é necessário que o time comandado por Unai Emery 'embolse' os três pontos contra Eddie Howe para conseguir abrir uma folga para seus concorrentes, tendo em vista que o Arsenal encara o Tottenham e o United na sequência.

Após o clássico contra o United, o Arsenal não terá mais nenhum jogo contra alguém do top-6 do Campeonato Inglês, e poderá pavimentar seu caminho para disputar a próxima Liga dos Campeões.

Sarri irá sobreviver a mais uma semana de matar-ou-morrer?

Se não fosse pela saia-justa vivida entre Sarri e Kepa Arrizabalaga, o treinador italiano seria lembrado pelos ótimos 118 minutos na partida diante do Manchester City, na final da Copa da Liga Inglesa. Além de desagradável, o episódio colocou em cheque a credibilidade do técnico em Londres.

Contra o Tottenham, Sarri irá encarar mais uma pedreira em seu caminho. Com quase todos os jogos decisivos nas últimas semanas, o duelo desta semana parece, de fato, valer o emprego to caricato técnico.

E agora para o Tottenham e Pochettino?

E aconteceu novamente. Quando o Tottenham parecia arrancar para 'cutucar' o Liverpool e o City na briga pela Premier League, Pochettino e os Spurs sofreram uma dura derrota para o Burnley, que namora a zona de rebaixamento.

No momento, o time de Londres se vê longe do 2º colocado (Liverpool) e também do 4º colocado (Arsenal). Mas uma derrota para o Chelsea o colocaria novamente próximo da quarta colocação, e levantaria a dúvida sobre o preparo psicológico de Pochettino.