<
>

Leicester demite técnico, o terceiro depois do 'milagre' de Ranieri

O Leicester anunciou neste domingo a demissão do técnico Claude Puel, que estava no comando desde outubro de 2017. Ele é o terceiro treinador que deixa o clube desde que Claudio Ranieri liderou ao time ao verdadeiro milagre de 2015–2016, temporada da conquista do título da Premier League.

Alguns motivos levaram à demissão de Puel. Um deles é a péssima campanha em casa, no King Power Stadium, com apenas 2 vitórias nos últimos 14 jogos, incluindo 4 derrotas consecutivas, contabilizando a goleada sofrida diante do Crystal Palace neste sábado.

Além disso, os comandados de Puel caíram drasticamente de rendimento depois do Natal. Na reta final do ano passado, após bater Chelsea e Manchester City, o Leicester saltou para o sétimo lugar da Premier League, com 28 pontos. A má campanha em janeiro e fevereiro, sem nenhuma vitória desde o Ano Novo, refletiu nos pontos: hoje o time tem 32, despencando para a 12ª colocação.

Puel dirigiu o Leicester em 67 jogos, com 23 vitórias, 18 empates e 26 derrotas, com 34,3% de aproveitamento em cerca de um ano e meio. Depois da passagem de Ranieri, demitido em fevereiro de 2017, o clube teve Craig Shakespeare (fevereiro a outubro de 2017), Michael Appleton (interino por 8 dias) e Puel como técnicos.