<
>

Brasileiro: Clubes vetam propostas de limitar troca de técnicos, mas aceitam inscrever só 40 atletas

play
Hofman: 'Enquanto não atacarmos a politicagem entre CBF e Federações Estaduais, seguiremos com problemas' (1:50)

ESPN Bom Dia analisou mudanças propostas pela Confederação para 2020 (1:50)

Em reunião nesta sexta-feira na sede da CBF (Confederação Brasileira de Futebol), os clubes da Série A do Campeonato Brasileiro vetaram uma polêmica proposta feita pela entidade.

A ideia era limitar o número de troca de treinador a um por equipe. No entanto, os times se mostraram contrários, e o plano foi engavetado.

Em seguida, porém, foi aprovada a ideia de limitar a 40 o número de inscritos por cada clube na competição.

Contudo, há duas ressalvas: fica liberado o uso de jogadores sub-20 e também é possível fazer cinco substituições na relação ao longo da competição.

Foi aprovada, porém, a criação da Supercopa do Brasil, nova competição do calendário nacional.

O torneio, que foi revelado pela CBF na última quinta-feira, irá opor o campeão do Brasileirão contra o vencedor da Copa do Brasil, em um estádio pré-determinado.

Ainda serão divulgados mais detalhes sobre a novidade.