<
>

Após polêmica da Conmebol, clubes chilenos são multados; CBF se posiciona

play
Escândalo na Conmebol: 'Claramente os clubes, nesse caso, são vítimas de erro da CBF', diz Bertozzi (1:09)

A inscrição dos clubes é responsabilidade das confederações locais. No caso dos brasileiros, da CBF. (1:09)

A Conmebol anunciou nesta quinta-feira que o Tribunal Disiciplinar da entidade reconheceu erros dos clubes chilenos Colo Colo, La Calera, Universidad de Chile, Palestino, Unión Española e Deportes Antofagasta na inscrição de atletas para a Copa Sul-Americana e a Copa Libertadores. Cada um foi multado em US$ 15 mil (R$ 56,4 mil na cotação atual).

Já no Brasil, a CBF, responsável pela inscrição dos times do país, afirmou que as “listas de inscrição das equipes brasileiras na Copa Libertadores e Copa Sul-Americana foram recebidas dos clubes, assinadas e encaminhadas à Conmebol dentro dos prazos estabelecidos em regulamento”.

“Trata-se de eventual falha administrativa, que, se muito, pode resultar em aplicação de multa”, diz outro trecho da nota da entidade. Confira o comunicado na íntegra ao fim da matéria.

Na última quarta-feira, a emissora TyC Sports, da Argentina, informou que a Confederação Sul-Americana modificou os prazos de inscrição para a Copa Libertadores e Copa Sul-Americana, mas que muitos clubes não prestaram atenção e acabaram enviando as listas fora do tempo.

Posteriormente, a entidade revelou os 21 clubes que erraram, sendo oito deles brasileiros: São Paulo e Atlético-MG na Libertadores e Corinthians, Botafogo, Fluminense, Bahia, Chapecoense e Santos na Sul-Americana.

Em nota, a Conmebol também disse que o caso é diferente do Barcelona de Guayaquil, que foi punido com derrota por 3 a 0 pela escalação irregular de um jogador na primeira fase da Libertadores. Segundo a entidade, a infração foi cometida na regularização do atleta com a Fifa.

Os outros clubes que erraram o prazo de inscrição da Conmebol - sem contar os chilenos e os brasileiros - foram: Libertad (PAR), Club Sol de América (PAR), Independiente FBC (PAR), Club Deportivo Santaní (PAR), Guaraní (PAR), Estudiantes de Mérida Fútbol Club (VEN) e Zulia Fútbol Club (VEN).

Veja a nota da CBF:

A CBF informa que as listas de inscrição das equipes brasileiras na Copa Libertadores e Copa Sul-Americana foram recebidas dos clubes, assinadas e encaminhadas à Conmebol dentro dos prazos estabelecidos em regulamento.

O que está em apuração junto à Conmebol é um possível erro de autenticação no sistema Comet, durante a realização de uma das etapas de homologação do processo, o que de forma alguma configura irregularidade na inscrição das equipes. Trata-se de eventual falha administrativa, que, se muito, pode resultar em aplicação de multa.

A CBF está investigando as causas dessa possível situação e fornecendo os esclarecimentos necessários aos clubes envolvidos e à entidade sul-americana.