<
>

Kaká evita comparação com Paquetá e pede calma com o jogador

play
Real Madrid, Barcelona, Milan: qual o time mais mitológico do mundo? Comentaristam debatem (7:33)

Times da América do Sul, como Santos e Boca Juniors também apareceram na lista (7:33)

Kaká concedeu entrevista para a chinesa Tecent Sports, nesta quinta-feira, e falou sobre Lucas Paquetá, que está fazendo sucesso logo na sua chegada ao Milan. O ídolo do clube rossonero não quis saber de comparações, deixando claro que o jovem brasileiro não precisa dessa pressão.

“Eu não acho que somos parecidos, não acho que seja melhor nos compararmos. Lucas pode fazer coisas boas, ele tem grandes qualidades, mas temos que ir com calma, sem pressão, espero que Lucas possa ter os mesmos resultados que eu tive”, disse o ídolo milanista.

O Milan está passando por um processo de reconstrução e já não é mais o mesmo dos tempos do camisa 22. Kaká fez parte do time que conquistou a Uefa Champions League em 2006-07, quando foi eleito o melhor jogador do mundo. Com Gattuso no comando, o Milan está bem no Campeonato Italiano e ocupa a quarta posição, com 42 pontos, e está na zona de classificação para a próxima Champions.

“Lucas é um bom jogador, ele fez bem de ir para o Milan, a situação do clube mudou, reconstruiu a equipe. É uma nova era para o Milan e o Lucas chegou em boa hora,” declarou Kaká.

Sobre o seu futuro no futebol após a aposentadoria em 2017, Kaká falou que provavelmente retornará para o mundo do futebol, mas ainda não sabe em que posição nem quando.

“Não há problemas, críticas, estou aproveitando esse momento. Estou estudando um programa para gestão esportiva no Brasil, não sei quando estarei de volta ao mundo do futebol e em que posição. Nesse período estou fazendo algumas coisas com minha família. Um dia eu provavelmente voltarei ao futebol”, afirmou.