<
>

Barcelona 'martela', mas fica no empate com o Lyon no jogo de ida das oitavas da Champions

O Barcelona bem que tentou. Com inúmeras chances de gol e bastante volume ofensivo, o time espanhol foi melhor que o Lyon nesta terça-feira, no jogo de ida das oitavas de final da Uefa Champions League. Porém, nenhum dos dois times conseguiu balançar as redes, com o placar de 0 a 0 deixando a vaga na próxima fase completamente em aberto para o jogo de volta, no dia 13 de março, uma quarta-feira, quando as equipes voltam a se enfrentar, mas dessa vez no Camp Nou, na Espanha.

Assim como sugeria as formações táticas das duas equipes, o jogo foi bem aberto desde o início. Com menos de 10 minutos, cada um dos times já tinha tido duas ótimas oportunidades. Para o Barcelona, a melhor delas foi com Messi, batendo uma falta sofrida por ele mesmo por cima do gol. Já o Lyon mandou uma bola na trave com Terrier, assustando o goleiro Ter Stegen, que conseguiu defender no rebote.

O panorama seguiu o mesmo, com os dois times ameaçando bastante o gol adversário, mas vacilando "na hora H". Já nos acréscimos, mais uma ótima chance para os espanhóis. Busquets chutou, a bola desviou em Denayer e passou bem perto do gol de Anthony Lopes.

Na segunda etapa, o nível caiu um pouco. E foi o Barcelona quem mais chegava perto do gol. Aos 25, Suárez perdeu uma chance inacreditável. Depois de jogada bem trabalhada, Jordi Alba cruzou na medida para o uruguaio, que bateu de primeira por cima do gol, ampliando sua "zica", já que não consegue fazer um gol fora de casa na Champions desde 2015.

Com esse resultado, o Barcelona precisa de uma vitória simples no jogo de volta para continuar sonhando com o título europeu. Porém, como não marcou nenhum gol fora de casa, caso leve um no Camp Nou, pode se complicar, com os franceses passando a ter a vantagem do empate.

FICHA TÉCNICA

LYON 0 x 0 BARCELONA

Local: Parc Olympique Lyonnais, em Lyon, na França

Data: 19 de fevereiro de 2019, terça-feira

Horário: 17h00 (horário de Brasília)

Árbitro: Cuneyt Çakir, da Turquia

Assistentes: Bahattin Duran e Tarik Ongun, ambos da Turquia

Árbitro de vídeo: Danny Makkelie e Kamphuis Jochem, ambos da Holanda

Cartões amarelos: Aouar e Dubois (Lyon); Sergi Roberto e Semedo (Barcelona)

LYON: Anthony Lopes; Dubois, Marcelo, Denayer e Mendy; Ndombele (Cheikh), Aouar, Traoré (Tousart), Terrier (Cornet) e Depay; Dembélé Técnico: Bruno Genésio

BARCELONA: Ter Stegen; Semedo, Piqué, Lenglet e Jordi Alba; Sergi Roberto (Vidal), Busquets e Rakitic; Messi, Dembele (Philippe Coutinho) e Suárez Técnico: Ernesto Valverde