<
>

Renato e Mano à frente de Guardiola e Tiago Nunes melhor que europeus: um estranho ranking de treinadores

play
De Renato Gaúcho a Vagner Mancini: veja os salários dos técnicos da Série A (3:09)

As informações foram levantadas pelo jornalista Jorge Nicola, do BB Debate (3:09)

O site Football World Rankings elaborou sua classificação mundial de treinadores, baseada em uma série de complicados critérios (entenda como eles funcionam neste link).

Na lista, os brasileiros estão muito prestigiados, com nomes como Renato Gaúcho, do Grêmio, e Mano Menezes, do Cruzeiro, aparecendo à frente até mesmo de Josep Guardiola, atual campeão da Premier League pelo Manchester City.

O ranking é liderado por Marcelo Gallardo, do River Plate, com 14.185 pontos.

Completam o pódio Ernesto Valverde, do Barcelona, e Diego Simeone, do Atlético de Madrid, enquanto Massimiliano Allegri, da Juventus, aparece na 4ª posição (veja a lista completa aqui).

Em seguida, figura o gremista Renato Gaúcho, com 11.284 pontos, à frente de Jurgen Klopp, do Liverpool.

O cruzeirense Mano Menezes surge logo em seguida, no 7º lugar (9.856 pontos), bem à frente de nomes importantes como Josep Guardiola, que é 13º, com 8.984 pontos, e Maurício Pochettino, do Tottenham, com 8.574 pontos.

Outros brasileiros em posição de destaque são Tiago Nunes, do Athletico Paranaense, em em 24º lugar (7.341 pontos), e Luiz Felipe Scolari, atual campeão brasileiro com o Palmeiras, em 26º (7.206 pontos).

Eles ficaram à frente de "medalhões" europeus como Unai Emery, do Arsenal, Thomas Tuchel, do Paris Saint-Germain, Rudi Garcia, do Olympique de Marselha, só para citar alguns.

O Football World Rankings monta seu ranking no mesmo molde da ATP (Associação dos Tenistas Profissionais), que leva em conta as 52 semanas anteriores e é atualizado toda segunda-feira de acordo com os últimos resultados.

O site analisa resultados de 40 ligas nacionais e 10 torneios internacionais de clubes, que incluem todas as Champions continentais (Europa, África, América do Norte e Central, Ásia e Oceania), a Liga Europa, a Libertadores, a Copa Sul-Americana e o Mundial de Clubes da Fifa.

Os pontos ainda são multiplicados de acordo com o nível de competitividade de cada liga ou competição.