<
>

Mourinho revela desejo de trabalhar no futebol francês

Enquanto segue sem um novo time para comandar desde que foi demitido do Manchester United em dezembro de 2018, José Mourinho tem utilizado seu tempo livre para comentar jogos e para rodar o mundo acompanhando partidas e jogadores. Neste domingo, o treinador português desembarcou na França para acompanhar o embate entre Lille e Montpellier, pelo campeonato local, e comentou sobre o desejo de trabalhar no país.

“Consigo me imaginar treinando um time na França. Já trabalhei em quatro países e gosto disso, de conhecer culturas diferentes. Estou sempre a aprender e trabalhar em um novo campeonato seria uma experiência fantástica. Neste momento estou tranquilo, com a minha família e os amigos e espero encontrar uma oportunidade no futebol. Estar dois ou três meses sem treinar é tranquilo, mas depois já fica difícil”, disse Mourinho à BeIn sports França.

A presença de Mourinho na partida deste domingo, porém, tem explicação. O treinador foi convidado pelo diretor geral do Lille e seu amigo pessoal, Luís Campos. E fez valer a viagem para observar dois jogadores em específico: o atacante francês Nicolas Pepé e o brasileiro Thiago Mendes, com passagem pelo São Paulo.

Após a partida, que terminou empatada em 0 a 0, o treinador do Lille, Christophe Galtier, confirmou que se encontrou com Mourinho. “Nos encontramos antes da partida. Eu sabia que ele vinha acompanhar nosso jogo. A sua presença dá projeção à equipe e fiquei muito feliz de saber que ele vê potencial no nosso time”, ressaltou o treinador.

Muito questionado desde a última temporada, José Mourinho findou sua passagem pelo Manchester United desgastado pelos maus resultados dentro de campo e pelo clima no vestiário. Durante um bom tempo foram levantados na imprensa inglesa problemas do técnico com alguns atletas, principalmente com Pogba. Em janeiro, o português recebeu a rescisão contratual de 15 milhões de libras (cerca de R$ 70,4 milhões).