<
>

São Paulo: Defensa y Justicia foi algoz na Sul-Americana e agora briga por título na Argentina

play
Zetti destaca 'bagagem' e idolatria de Raí no São Paulo e cobra: 'Ele pode se expor mais' (1:30)

Ex-goleiro questionou o posicionamento do dirigente dentro do clube (1:30)

O São Paulo foi eliminado na segunda fase da Libertadores pelo Talleres, na última quarta-feira (13). O time argentino atrapalhou os planos da equipe tricolor na temporada 2019, mas não foi a única equipe do país vizinho a fazer isso.

Em 2017, o São Paulo saiu na primeira fase da Sul-Americana para o pouco conhecido Defensa y Justicia após empatar no Morumbi. O jogo de ida terminou 0 a 0, e, na volta, o time que era comandado por Rogério Ceni, empatou por 1 a 1. O gol qualificado garantiu a saída da equipe da competição.

Se antes era desconhecido, atualmente o Defensa y Justicia está na briga pelo título do Campeonato Argentino. A equipe da cidade de Florencio Varela, Província de Buenos Aires, ocupa a segunda colocação, empatado com 42 pontos com o líder Racing.

O time deixa para trás Boca Juniors, que é o terceiro colocado, mas que está a dez pontos do Defensa y Justicia. O River Plate tem apenas 29 pontos e ocupa a sexta posição.

O clube nunca foi campeão da liga principal da Argentina. No sábado, dia 24, a equipe encara o Boca Juniors em casa.