<
>

Icardi desabafa após perder faixa de capitão e negar viajar na Inter: 'Melhor manter a boca fechada e parecer estúpido'

Após perder a braçadeira de capitão para Samir Handanovic e ficar de fora da vitória da Internazionale sobre o Rapid Viena, pela fase 16 avos de final da Europa League, Mauro Icardi desabafou nas redes sociais.

O atacante argentino usou o Instagram para lançar uma mensagem enigmática: " É melhor ficar de boca calada e parecer estúpido do que abri-lo e tirar todas as dúvidas".

A decisão chega em meio a mais um momento conturbado envolvendo o jogador argentino. Existe um impasse para a renovação de seu contrato, que vai até 2021, com as duas partes não chegando a um acordo sobre valores, gerando especulações de que ele pode sair já na próxima janela de transferências.

O técnico Luciano Spalletti disse que “há situações que precisam ser esclarecidas” depois de substituir Icardi na partida contra o Parma, no final de semana, dando a entender que o impasse nos bastidores está afetando seu desempenho em campo.

Ele negou que tenha barrado Icardi no jogo da Liga Europa e afirmou que foi o argentino que não quis ir para Viena. O argentino alegou estar fazendo um tratamento no joelho.

A esposa do jogador, Wanda Nara, mandou mais um recado no programa “Tiki-Taka”, no canal Mediaset, pedindo que Icardi “fosse mais protegido” pela Inter.

“Muitas vezes as críticas vêm de dentro. A prioridade é a Inter, nunca pedi uma renovação. Não estamos com pressa, ainda há dois anos de contrato”, afirmou.

As atitudes de Nara enfureceram Ivana Icardi, irmã de Mauro Icardi, que mandou recado para a cunhada pelo Twitter.

“Crônica de uma morte anunciada. Pobre de meu irmão, por que segue permitindo isso. Aqui as palhaçadas não são permitidas! Se tivesse uma pessoa séria por trás e que cuidasse dele, não passsaria por isso”.

O atacante argentino está longe de viver seus melhores momentos. Ele não marca no Campeonato Italiano desde 15 de dezembro do ano passado, contra a Udinese, anotando apenas dois gols em 2019, ambos pela Copa da Itália, contra Benevento e Lazio.