<
>

Ex-São Paulo, Osorio deixa a seleção do Paraguai após apenas um jogo

Juan Carlos Osorio não é mais técnico da seleção do Paraguai. O ex-treinador do São Paulo deixou o cargo nesta quarta-feira, três dias depois de dizer que não sairia e com apenas um jogo no comando da equipe. Ele alega questões familiares.

“Nos reunimos com o professor Juan Carlos Osorio e tomamos a decisão em conjunto de rescindir o contrato. Queremos agradecê-lo por tudo de bom que nos ensinou nesta curta estadia. Também esclarecemos que ele e nós cumprimos o contrato que nos unia até o dia de hoje”, disse Robert Harrison, presidente da federação paraguaia.

"Por razões familiares e próprias, infelizmente não posso seguir no cargo. Quero agradecer a todos pelo apoio. Foi um orgulho para mim dirigir, conduzir e treinar essa seleção”, disse Osorio.

“Me vou feliz, muito agradecido. Foi uma experiência extraordinária, enriquecedora”, completou.

Osorio viveu uma onda grande de críticas desde que assumiu o Paraguai porque não escondeu o desejo de assumir a seleção da Colômbia. A pressão aumentou no final de semana, mas o comandante garantiu há três dias que não sairia do cargo.

Ele se despede com apenas um jogo no comando: um empate por 1 a 1 com a África do Sul em amistoso. E já vira um sonho de consumo de alguns torcedores do São Paulo, que não vive fase de muito amor com André Jardine.

O Paraguai está no grupo B da Copa América ao lado de Argentina, Colômbia e Catar.