<
>

Sala será velado neste sábado, em cerimônia aberta ao público, na sede do clube em que foi revelado

Depois de quase quatro semanas desde o acidente no Canal da Mancha, o corpo de Emiliano Sala será velado neste sábado na cidade argentina de Progreso, na sede do San Martín, onde o jogador iniciou sua carreira no futebol, segundo informou nesta quarta-feira o presidente do clube, Daniel Ribero.

O corpo do atleta, assim como seus parentes que viajaram à França para acompanhar as buscas pelo corpo, devem chegar ao aeroporto de Ezeiza, em Buenos Aires, na manhã desta sexta-feira. Na sequência, irão seguir para Progeso, onde devem chegar à noite ou na madrugada de sábado.

Autópsia aponta lesões na cabeça e no tronco como causa da morte de Sala

A cerimônia será aberta ao público durante o dia inteiro e depois o corpo será transferido ao cemitério para a realização do enterro.

“Vai estar aberto a toda a cidade e a todo o mundo. As pessoas vão poder passar e ter alguns minutos para rezar e ou fazer o que têm costume, dependendo da crença de cada um”, afirmou Ribero.

Sala tinha 28 anos e tinha acabado de acertar sua transferência do Nantes para o Cardiff City. Na viagem para se juntar ao elenco do time galês, no dia 21 de janeiro, o avião em que estava desapareceu no Canal da Mancha. Cerca de três semanas depois, através de uma investigação particular contratada pela família do atleta, o corpo foi enfim encontrado, diferente do piloto David Ibbotson, que segue desaparecido.