<
>

Centurión é afastado de rival do Corinthians pela Sul-Americana depois de empurrar treinador durante jogo

play
ESPN lança Fantasy de futebol internacional (0:30)

Você poderá montar seu time da Premier League da Inglaterra, da LaLiga da Espanha ou da Uefa Champions League (0:30)

O ex-são-paulino Ricardo Centurión, do Racing, da Argentina, foi afastado definitivamente do time pelo técnico Eduardo Coudet, segundo informações da ESPN Deportes, do país vizinho.

A decisão foi anunciada nesta segunda-feira (11), e tomada com base nos acontecimentos do domingo (10).

Durante a derrota de sua equipe para o River Plate, pelo campeonato nacional (0 a 2), Centurión, que estava no banco, empurrou o treinador antes de entrar em campo.

Líder da Superliga da Argentina, o Racing enfrenta o Corinthians, pela 1ª fase da Conmebol Sul-Americana na quinta-feira, em Itaquera.

NÃO É DE HOJE

Centurión tem uma longa ficha corrida de polêmicas.

Em 2016, jogador do São Paulo, ele se envolveu em um acidente de trânsito com sua BMW, na Argentina, pouco antes de se transferir para o Boca Juniors. Acusado pela Justiça pelos danos causados às vítimas e aos veículos, ele teve de lidar com multas do carro apreendido, que somavam mais de R$ 7 mil na época.

Centurión foi flagrado em fotos mais de uma vez, com armas de alto calibre. Em 2017, também foi acusado de agressão pela ex-namorada, Melissa Tozzi, que comprovou as acusações com mensagens de texto do próprio jogador.

No ano passado, já no Racing, o atacante furou uma blitz da Polícia de Lanús, depois de ultrapassar seguidos faróis vermelhos. O jogador recusou a fazer o teste do bafômetro, e seu veículo foi apreendido.