<
>

Botafogo prega concentração contra a Campinense

O Botafogo está trabalhando de olho na partida desta quarta-feira, às 21h30 (de Brasília), contra a Campinense no Estádio Amigão, em Campina Grande (PB), pela estreia das duas equipes na Copa do Brasil. O jogo é considerado perigoso, pois uma derrota na Paraíba vai custar a eliminação precoce no torneio. E o Alvinegro viveu uma experiência nada agradável nesta linha no ano passado, quando caiu logo no primeiro jogo do torneio mata-mata nacional ao perder por 2 a 1 para a Aparecidense, em Goiás.

Na visão dos jogadores do Botafogo, o time vai precisar manter alto o nível de concentração.

“Trata-se de um jogo muito perigoso pois a nossa equipe sabe que um dia ruim pode custar a eliminação precoce. Não trabalhamos com esta possibilidade, portanto, o poder de concentração deve ser alto. A Campinense vai a campo disposta a surpreender e costuma dar trabalho aos adversários que a visitam. Portanto, não podemos vacilar e acreditar que resolveremos a partida quando quisermos”, disse o volante Jean.

O atacante Erik concorda.

“A concentração exibida na partida contra o Defensa Y Justicia é um exemplo do que devemos colocar em prática na partida desta quarta-feira, pois não deixamos de buscar o resultado positivo, mas sem descuidarmos da defesa”, disse o atacante, autor do gol que deu a vitória de 1 a 0 diante dos argentinos pela estreia das duas equipes na Copa Sul-Americana.

O elenco do Botafogo viajou nesta segunda-feira para o interior da Paraíba, onde já treina nesta terça-feira. O meia Leonardo Valencia ficou de fora da viagem. O jogador ainda se recupera de um trauma na panturrilha direita e ainda não atuou nesta temporada.