<
>

Pai diz que Cauan deve ser primeira vítima de incêndio a ter alta e revela 'sonho bom' do filho

play
Mauro se indigna com incêndio no Fla, questiona superficialidade da imprensa e postura defensiva de quem precisa dar explicações (5:12)

'Talvez alguém tivesse feito essa reportagem; talvez eu tivesse feito essa reportagem'; completou (5:12)

Cauan Emanuel, de 14 anos, deve ser o primeiro jovem entre os três feridos no incêndio no Ninho do Urubu a ter alta. Nesta segunda-feira, o pai do garoto, John, revelou que ele se recupera bem e tem expectativa de deixar o hospital em breve. No fim de semana, ele já saiu do CTI.

“Ele reage bem, super bem. Sente a perda dos amigos, mas reage bem. Apesar de um efeito enorme, ele está conversando normal, emoções controladas. Está reagindo bem”, disse John, a jornalistas.

John Emanuel afirmou que espera uma nova avaliação dos médicos nesta segunda e que o filho possa ser liberado. O pai também falou em um “sonho bom” de Cauan, sem revelar como foi.

“Ele teve um sonho bom. Ele não lembra como foi, mas disse que foi bom”, contou, sorrindo, já imaginando também o retorno do filho aos campos de futebol.

“É o que ele mais gosta de fazer, jogar bola. Está reagindo bem e, creio, que ele corra logo logo atrás de bola de novo”, torceu John.

Cauan está em um hospital particular na Barra da Tijuca, no mesmo local onde está Francisco Dyogo, de 15 anos, também ferido no incêndio e ainda no CTI.

Os dois tem situação mais simples que a de Jonatha, de 15 anos, que teve 35% do corpo queimado e está estado grave no hospital Pedro II.