<
>

Nico López marca e é expulso em vitória do Internacional sobre o Juventude

O Internacional venceu o Juventude por 2 a 1 no Alfredo Jaconi, neste domingo, pela sexta rodada do Campeonato Gaúcho. O primeiro gol do duelo foi marcado por Nico López, que acabou expulso alguns minutos depois em confusão generalizada entre as equipes. Pedro Lucas fez o segundo colorado e Dalberto descontou.

Foi a segunda vitória consecutiva do Colorado no campeonato. Antes, o time de Odair Hellmann bateu o Brasil de Pelotas e espantou o início de turbulência que rondava o Beira-Rio. É o atual quarto colocado, com dez pontos ganhos.

Do outro lado, o Juventude segue com a marca negativa de não vencer em seus domínios desde outubro do ano passado. O último triunfo no Alfredo Jaconi foi contra o Sampaio Corrêa, pela Série B do Campeonato Brasileiro.

Antes de a bola rolar, o jogo já tinha características de que seria quente. O Inter exerceu a opção de compra do zagueiro Klaus em dezembro de 2017, mas ainda tem valores pendentes a pagar ao Juventude. O clube da Serra Gaúcha cobra um valor total de R$ 870 mil do Colorado, referente a três parcelas do negócio. Em campo, o clima de discussão permaneceu.

Juventude e Inter proporcionaram um duelo aberto, franco desde o início da partida. Com um novo esquema, o 4-2-3-1, o time de Odair Hellmann demorou um pouco para se ajustar, com Nico López centralizado, atrás do centroavante.

E foi do uruguaio o único gol da primeira etapa. Aos 18 minutos, Nico López recebeu lançamento de Edenilson na área e bateu de primeira com a perna esquerda para notar um golaço. Ele, porém, ficaria apenas mais 30 minutos em campo.

Com 48 jogados, uma confusão generalizada tomou conta do Alfredo Jaconi. O goleiro Marcelo Carné deixou a meta e cortou ataque rival e cabeça, mandando para a lateral. Willian Pottker tentou buscar a bola para cobrar rápido e foi impedido pelo técnico Luís Carlos Winck, que levou uma trombada do atacante.

Na sequência, o zagueiro Victor Salinas acertou uma pancada em Nico López e o uruguaio tentou revidar. Ambos foram expulsos e Winck também foi mandado embora. “Eu levei a porrada e ele vai me expulsar? Eu fui expulso por causa do auxiliar”, reclamou o técnico.

Na etapa final, brilhou a estrela de Pedro Lucas. O garoto entrou em campo aos 20 minutos e, aos 28, ampliou o placar para o Internacional. O atacante recebeu cruzamento de Neilton, que fez bela jogada, e mandou para a rede.

Já aos 45 minutos, quando o Juventude apenas trocava passes e demonstrava muito cansaço físico, Adalberto diminuiu. Vidal avançou pelo lado direito e cruzou rasteiro para o atacante, que surgiu entre os zagueiros do Inter e tocou para a rede.

FICHA TÉCNICA:
JUVENTUDE 1 x 2 INTERNACIONAL

Local: Estádio Alfredo Jaconi, em Caxias do Sul-RS
Data: 10 de fevereiro (Domingo)
Horário: 17h(de Brasília)
Árbitro: Vinícius Amaral (RS)
Assistentes: Jorge Eduardo Bernardi (RS) e Gustavo Marin Schier (RS)
Cartões amarelos: Víctor Cuesta (Inter)
Cartões vermelhos: Victor Salinas (Juventude); Nico López (Inter)
GOLS: INTER: Nico López, aos 18 minutos do primeiro tempo; Pedro Lucas, aos 28 da etapa final
JUVENTUDE: Dalberto, aos 45 minutos do segundo tempo

JUVENTUDE: Marcelo Carné; Vidal, Genílson, Victor Sallinas e Eltinho; Rafael Jataí, Aprile, Breno (Douglas) e Bruno Camilo; Dalberto e Brian Rodríguez. Técnico: Luiz Carlos Winck

INTER: Marcelo Lomba; Zeca, Moledo, Cuesta e Iago; Dourado e Edenílson; Neílton (Guilherme Parede), Nico López, William Potker (Patrick) e Tréllez (Pedro Lucas). Técnico: Odair Hellmann