<
>

Abrindo semana decisiva, Corinthians é apático, sofre com bola aérea e cai contra o Novorizontino

Em Novo Horizonte, o Corinthians foi derrotado por 1 a 0 pelo Novorizontino, com gol de Murilo Henrique após milagre de Cássio.

Na partida que abre uma semana muito complicada para o Corinthians, o time deixou o torcedor preocupado após não criar contra o Novorizontino e sofrer muito com as bolas aéreas defensivas, mais uma vez.

Na quinta-feira, às 19h15, o Corinthians recebe o Racing (ARG) pela partida de ida da primeira rodada da Copa Sul-Americana. No domingo, quem vai a Itaquera é o São Paulo, pelo Paulistão, às 19h.

O time de Fábio Carille começou bem. Aos 7 minutos, foi marcado impedimento de Mauro Boselli após Fágner botar a bola na grande área e ela desviar na defesa do Novorizontino.

Pouco tempo depois, aos 9, Fagner botou a bola dentro da grande área em cobrança de falta. Marllon subiu mais alto que todos e cabeceou com muito perigo, sobre o gol.

No meio do primeiro tempo começou a chuva em Novo Horizonte, e o time da casa passou a criar mais.

Aos 26, 27 e 30 minutos, três bolas perigosas passaram pela área corintiana. Aos 32, grande chance, com Lucas Ramon sendo acionado no canto direito da área e, sem ângulo, encobrindo Cássio. A bola foi para fora, raspando a trave.

Logo em seguida, na reposição, Cássio lançou, a defesa do Novorizontino afastou mal e Love chutou de canhota. O goleiro Vagner fez boa defesa.

Aos 41, outra grande chance dos mandantes. Cléo Silva enfiou a bola para Jean Patrick, que fazia o "facão". O meio campista, na frente de Cássio, furou a bola.

O segundo tempo voltou mais morno ainda.

O Novorizontino teve duas chances nos dez primeiros minutos. Paulinho, de cabeça, viu Marllon evitar o gol aos 10 minutos. No lance seguinte, Paulinho cabeceou novamente, Cássio defendeu e, após bate rebate na pequena área, a defesa afastou.

O jogo voltou a ter uma boa chance quando a bola efetivamente entrou no gol.

Aos 41 do segundo tempo, com tudo indicando um empate sem gols, Pedro Carmona cobrou falta, Paulinho desviou e Cássio fez um milagre, se esticando inteiro e espalmando a bola na trave. Na sequência do lance, Lucas Ramon cruzou, Edson Silva cabeceou em cima da zaga e Murilo Henrique aproveitou o rebote para abrir o placar. Os jogadores corintianos reclamaram muito de impedimento, mas o gol foi legal.