<
>

Ninho do Urubu: lateral do Flamengo Samuel Thomas, que faleceu na tragédia, foi campeão da Copa Nike

play
Ninho do Urubu: 'O Flamengo não podia colocar crianças no container', diz tio de uma das vítimas (1:17)

Parente de uma das vítimas da tragédia critica estrutura oferecida aos jogadores da base (1:17)

O lateral Samuel Thomas, que iria completar 16 anos em abril, faleceu no incêndio que ocorreu em parte dos alojamentos de jogadores no Flamengo, no Ninho do Urubu, CT rubro-negro, na manhã desta sexta-feira (8).

Com família natural de São João de Meriti (RJ), o garoto optava por dormir nos quartos do clube rubro-negro para evitar o grande deslocamento diário, pois morava no Morro do Conceito.

"Ele foi 'dispensado' porque não ia ter treino hoje. Samuel, como de costume, chega em casa na sexta-feira por volta das sete horas da noite. Ele preferiu ficar, dormir e para ir para casa hoje", disse Sebastião Rodrigues, tio do garoto.

Ele esteve presente no local da tragédia e reclamou da falta de informações dadas sobre o caso.

"Com certeza (fiquei decepcionado). Poderia acontecer tudo, menos o Flamengo ter uma ‘estruturinha’ dessa. Quem é para ter esses containers para jogador dormir é time pequeno. O Flamengo, com a estrutura que tem, colocar os atletas em um lugar desse, é lamentável", disse.

Samuel era titular da equipe do Flamengo que foi vice-campeã da Copa Votorantim e venceu a Copa Nike.