<
>

Emiliano Sala: Polícia confirma que corpo encontrado em avião é o do atacante

A família de Emiliano Sala tem, enfim, uma resposta. A polícia de Dorset, onde o corpo encontrado no avião em que estava o jogador foi analisado, confirmou que ele é mesmo do ex-atacante do Nantes que viajava para o País de Gales para se transferir para o Cardiff City.

Recuperado nesta quarta-feira de dentro da aeronave, que se encontra a uma profundidade de mais de 60 metros, o corpo foi encaminhado para a cidade de Portland, onde foi examinado por um legista, que confirmou que ele é mesmo do atacante de 28 anos.

A aeronave, de modelo Piper Malibu, foi encontrado no fundo do mar do Canal da Mancha nos últimos dias e a AAIB chegou a divulgar uma foto do avião, e apesar da imagem não mostrar o corpo, um veículo operado remotamente viu um ocupante em meio aos destroços, com sua identidade só sendo divulgada nesta quinta.

O avião de Sala desapareceu no dia 22 de janeiro, quando ele voltava da França para o País de Gales, onde jogaria pelo Cardiff.

No dia 24 de janeiro, os serviços de resgate de Guernsey, ilha localizada na parte britânica do Canal da Mancha, encerraram as buscas pelo avião onde viajava o jogador argentino Emiliano Sala. A procura foi retomada por uma empresa privada, com pagamento feito pela própria família do jogador.

No domingo, as novas buscas finalmente encontraram o avião no fundo do mar no Canal da Mancha. Na última segunda-feira veio a confirmação de que pelo menos um corpo está no local. Os planos para o resgate tanto do corpo quanto da aeronave ainda estão em andamento.

Sala tinha 28 anos e vivia o melhor momento da carreira. Nas últimas duas temporadas e meia, ele marcou 36 gols (12 em cada campanha) e dez assistências no Campeonato Francês, pelo Nantes.

O grande desempenho, que o fez até ficar à frente de Neymar no começo da atual edição da Ligue 1, o levou ao Cardiff City no último sábado. Ele acabou contratado por 15 milhões de libras (mais de R$ 72 milhões), no negócio mais caro já feito pelos galeses, 18ºs na Premier League.

O atacante argentino estava no Nantes desde o meio de 2015. Aliás, o jogador somente havia atuado profissionalmente na França. Ele deixou a Argentina em 2010, quando trocou o Proyecto Crecer, um centro de formação no futebol argentino, pelo Bordeaux, que é parceiro do clube francês.

No total, ele disputaria apenas 13 partidas pela equipe principal, sendo emprestado ao Orléans, ao Niort e ao Caen, antes de se transferir ao Nantes em 2015.