<
>

Sampaoli cita gols no início e absolve Aguilar por atuação em Itu

O Ituano precisou de apenas 19 minutos para marcar três gols no Santos na noite deste domingo. Ao comentar a partida, o técnico Jorge Sampaoli destacou a superioridade do adversário nos momentos iniciais e absolveu o zagueiro colombiano Felipe Aguilar após atuação comprometedora no Estádio Novelli Júnior.

“Saímos para buscar o jogo, como sempre. Sofremos dois contra-ataques em erros não forçados que custaram gols muito rápidos. Reverter um 2 a 0 em 10 minutos é complicado. O adversário tem jogadores rápidos e contundentes. O time tentou. Enfrentou um adversário que se posicionou e contra-atacou muito bem”, analisou.

Escalado como titular por Sampaoli, Aguilar falhou em dois gols do Ituano na noite deste domingo. Questionado sobre a atuação do zagueiro colombiano, o treinador adotou tom diplomático e procurou demonstrar confiança no jogador de 26 anos de idade.

“O Felipe tinha feito apresentações muito boas. Cometeu o erro não forçado do começo e custou um gol. Mas nós confiamos muito de que é um jogador que tem bastante capacidade. Atuou muito bem contra o São Paulo, um clássico. Então, confiamos. Vive um momento muito difícil e tem que superá-lo trabalhando”, declarou.

Na saída do gramado, o lateral direito Victor Ferraz, um dos líderes do elenco, pediu desculpas à torcida santista pela goleada sofrida no Estádio Novelli Júnior. A exemplo do ala, o experiente argentino Jorge Sampaoli também se retratou com os alvinegros.

“Temos que pedir desculpas à torcida, porque viemos esperançosos para fazer uma boa partida e ganhar. Não aconteceu. Continuamos buscando e o adversário se aproveitou dos espaços para contra-atacar com precisão. Mas isso não tem que cobrir as intenções do time”, declarou.