<
>

Kagawa, Tielemans e Hudson-Odoi: veja os nomes que podem agitar o dia final do mercado

Tradicionalmente, o mercado de janeiro não reserva muitos grandes negócios. Neste ano, talvez a janela tenha sido ainda mais tímida do que de costume. Porém, isso não significa que não haja a expectativa por transferências relevantes para o último dia antes de seu fechamento.

O ESPN.com.br separou cinco potenciais acordos que podem ocorrer nesta quinta-feira.

Denis Suárez

Em um momento turbulento na temporada, o Arsenal é um dos clubes que mais tem sido envolvido em transações no mercado de janeiro. Um negócio que deve mesmo ocorrer é a ida do meio-campista Denis Suárez, do Barcelona. O jornal inglês Guardian já dá a transferência como certa.

Segundo a publicação, o atleta, que tem tido pouco espaço no Barça, iria por empréstimo até o fim da temporada e com opção de compra – não obrigatório. Os catalães até estenderam o vínculo do jogador de 25 anos em mais uma temporada – o vínculo vai agora até o meio de 2021, de acordo com o Guardian.

Christopher Nkunku

Os Gunners também estariam interessados em fortalecer o seu setor ofensivo. Depois de o nome de Ivan Perisic, da Inter de Milão, ter sido apontado, o de Nkunku, do Paris Saint-Germain, também veio à tona.

Na terça-feira, o empresário do atleta, Jose Pierre Fanfan, concedeu entrevista à emissora francesa Canal+ e falou sobre a possibilidade da ida da promessa ao Arsenal.

"Há um real interesse do Arsenal por Nkunku, mas as discussões são um pouco complicadas. Há restrições por parte do Arsenal, eles não podem fazer uma transferência no meio da temporada", disse.

"Ainda está sendo discutido com o PSG, coisas ainda podem acontecer nas próximas 48 horas, mas, como eu disse, o fato de que estou aqui significa que isso não parece bom. A situação dele será avaliada em junho, então ele terá apenas um ano restante em seu contrato, e sua situação precisará ser avaliada."

Shinji Kagawa

Depois de uma passagem de muito sucesso pelo Borussia Dortmund, com a conquista do bicampeonato da Bundesliga e uma Copa da Alemanha, o meia não conseguiu ter o mesmo destaque em seu retorno ao clube, mas vinha sendo uma peça importante no elenco. Na atual temporada, ele perdeu muito espaço e só atuou quatro vezes em 2018-19 (duas como titular).

Neste cenário, a expectativa é de o jogador de 29 anos termine a campanha no Monaco. A revista Kicker aponta que ele pode ser emprestado ao clube francês.

Callum Hudson-Odoi

Ele quer o Bayern de Munique, mas o Chelsea não deixa. O clube londrino rejeitou nos últimas dias o pedido de transferências de Callum Hudson-Odoi e não irá vendê-lo aos bávaros em janeiro, conforme fontes informaram ao ESPN FC.

O Bayern fez quatro propostas oficiais pelo jovem em janeiro – a última na casa de 35 milhões de libras –, e até esta semana os alemães estavam muito confiantes em fechar um acordo, com o diretor esportivo Hasan Salihamidzic irritando o Chelsea por declarar publicamente sobre o interesse do Bayern no jogador.

Youri Tielemans

Nome importante no elenco da Bélgica que foi terceira colocada da Copa do Mundo de 2018, o meia pode terminar o dia como novo nome da Premier League. A Sky Sports aponta que Arsenal, West Ham e Newcastle perguntaram sobre a possibilide de contar com o atleta por empréstimo. O Leicester City também estaria na disputa com a possibilidade de contratá-lo por 20 milhões de libras, mas o técnico do time, Claude Puel, negou o interesse do clube na segunda-feira, de acordo com o veículo.