<
>

Juventus vence Lazio de virada, mantém invencibilidade e amplia vantagem no Italiano

A torcida presente no Estádio Olímpico chegou a ter certeza de que na 21ª a invencibilidade da Juventus acabaria no Campeonato Italiano. Mas o final da história seria com o 19º triunfo do time de Turim.

Controlando as ações ofensivas até a metade da segunda etapa, a Lazio saiu na frente, mas permitiu a virada dos atuais heptacampeões, que venceram por 2 a 1 graças aos gols de Cancelo e Cristiano Ronaldo.

Com os três pontos, a Juve aumenta a vantagem para o Napoli, vice-líder que empatou com o Milan no sábado, chegando aos 59 pontos e abrindo 11 de diferença. Já a Lazio, que chegou a "beliscar" a quinta posição, terminou a rodada na oitava colocação, com 32 pontos.

SÓ DÁ LAZIO

Na primeira etapa a Juventus teve poucas chances, sendo a melhor dela com Douglas Costa, aos 33, quando o brasileiro recebeu de Cristiano Ronaldo e cruzou, mas a bola desviada ia para o gol não fosse a intervenção de Strakosha.

Já a Lazio assustou mais e poderia ter aberto o placar em duas chances de Joaquín Correa, uma aos nove, quando a defesa apareceu na hora certa para evitar, e outra aos 18, frustrada pela boa defesa de Szczesny.

Aos 26 foi Luis Alberto que mandou a bomba de fora da área, mas Szczesny conseguiu fazer a defesa impediu que qualquer um aproveitasse o rebote.

REAÇÃO? NÃO, MAIS LAZIO

A Juve tentou começar o segundo tempo de forma diferente, sendo mais objetiva. Mas a oportunidade criada logo no primeiro minuto não representou uma verdadeira mudança no cenário.

Seguia sendo da Lazio a maior produção ofensiva, e o gol acabou saindo aos 13 minutos. Após cobrança de escanteio, um desvio na primeira trave atrapalhou Can, que acabou colocando a cabeça na bola e mandando contra a própria meta.

A VELHA REGRA DO FUTEBOL

Se a Juventus não brilhava, a Lazio perdia ótimas chances no ataque. E “a bola pune”, certo?

Aos 28, Bernardeschi avançou em alta velocidade pela esquerda e cruzou. Dybala chegou batendo para a defesa de Strakosha, mas o rebote ficou com João Cancelo, que havia acabado de entrar no lugar de Douglas Costa e não desperdiçou.

Buscando a virada, a Juventus conseguiu um pênalti aos 41, quando o cruzamento rasteiro vindo da esquerda encontraria João Cancelo no meio da área, mas o português foi puxado por Lulic e a arbitragem marcou pênalti. Na cobrança, Cristiano Ronaldo definiu o placar, que poderia ter sido ainda maior, não fosse o erro de Cancelo nos minutos finais, desperdiçando a chance do terceiro.

NA SEQUÊNCIA

No meio de semana as duas equipes vão entrar em campo pela Copa da Itália. A Juventus joga na quarta, ás 17h45 (de Brasília) contra a Atalanta, fora de casa. Na quinta, a Lazio vai enfrentar a Internazionale, em Milão.