<
>

Por R$ 213 milhões, Militão será o defensor mais caro da história do Real Madrid

Éder Militão está muito próximo de se tornar reforço do Real Madrid. De acordo com o diário As, já existe um acerto verbal com o Porto para o pagamento da multa rescisória para que a transferência aconteça em junho.

O valor da multa subiria para 75 milhões (R$ 320,54 milhões) na janela do meio do ano, mas o acordo entre os clubes, segundo a imprensa europeia, prevê um pagamento de 50 milhões de euros (R$ 213,69 milhões).

Tal quantia transformará o jogador ex-São Paulo - que deverá embolsar cerca de R$ 21 milhões, por ainda ter 10% dos direitos do jogador - se transformará no mais caro defensor da história do Real Madrid, e com larga vantagem.

Do meio campo para trás, o maior valor já gasto pelo Real foi na recente contratação do goleiro Thibaut Courtois, que custou 35 milhões de euros junto ao Chelsea, logo após a disputa da Copa do Mundo com a seleção belga.

O mais caro zagueiro da equipe de Madri também saiu do Porto e era brasileiro. Na temporada 2007-08, Pepe, que é naturalizado português, custou 30 milhões de euros para os cofres do Real Madrid.