<
>

Cristiano Ronaldo quer entrar pela garagem para evitar assédio e fotos em julgamento por sonegação

Cristiano Ronaldo comparecerá nesta terça-feira na Audiência Provincial de Madri para ser julgado por fraude fiscal. Por conta da sua fama, o português fez alguns pedidos para evitar o assédio de fãs, segundo o jornal El Mundo.

De acordo com a publicação, que teve acesso a um recado do astro da Juventus, ele que tenha acesso ao edifício pela garagem "por motivo de segurança" e que a entrada não pode "realizar-se em condições normais".

Cristiano Ronaldo é acusado de diferentes delitos fiscais entre 2011 e 2014, período em que atuou no Real Madrid. O astro deverá pagar uma multa de 18,8 milhões de euros (R$ 80,4 milhões na cotação atual).